Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!

me.jpg

Viva!

Como bem sabes, um dos meus maiores dramas nos últimos tempos é a maldita acne. Apesar de tê-la à perna desde a puberdade, nos últimos anos, fruto de uma conjunção de fatores como alteração hormonal, stress, abstinência sexual, e a consequente não toma da pílula, e pouco contacto com a água de mar, o problema foi-se agravando, ao ponto de, no início do ano, a situação ter atingido uma gravidade sem precedentes.

Tardei em recorrer ao dermatologista, reconheço. Ingenuidade ter acreditado que poderia resolver a coisa com cremes e tratamentos caseiros. Só com a entrada em cena de um profissional consegui por um travão na degração galopante da minha pele. Volvidos dois meses, as melhorias são significativas; batalha a batalha, a vitória parece garantida. 

Elevado é o preço a pagar (não o é sempre?). Cada vez que penso no quanto o meu pobre fígado será intoxicado ao longo de 9 meses de posologia oral, quase que me apetece jogar a toalha ao chão. Aí lembro que pele bonita é condição sine qua à minha autoestima e a vontade passa.

Do que me tem chegado ao conhecimento, é cada vez maior o número de mulheres a partilharem do mesmo drama. De acordo com Menezes Brandão, o especialista que me tem acompanhado, atualmente, 40% das mulheres entre os 25 e os 40 anos têm acne, um número que tem vindo a crescer desde os anos 80. Em alguns casos, a acne adolescente simplesmente continua e mantém-se na idade adulta, enquanto noutros as mulheres começam a ter borbulhas pela primeira vez aos 25 ou 30 anos, por vezes mesmo após a menopausa.

Várias são as causas por detrás desta realidade: fatores hormonais e ambientais como o stress, o tabaco, a poluição, o estilo de vida, a radiação UV e os cuidados inadequados. A acne na idade adulta tem uma manifestação clínica um pouco distinta da que surge na adolescência, e também tem uma resposta diferente ao tratamento.

A acne é uma doença e, como tal, trata-se. Para a dermatologista Marisa André, "já não se justifica aquela velha máxima de que a acne é uma coisa que passa com a idade. Porque até pode passar, mas à custa de cicatrizes que podem ser mais difíceis de tratar depois, e à custa de muito sofrimento, o que não faz sentido."

"A acne tardia, por ser mais inesperada, pode ser muito traumatizante. Uma borbulha que se aceitava aos 15 anos, aos 30 é vivida como uma espécie de traição da pele e pode afetar muito a autoestima. Na maioria dos casos, não é condição resolúvel apenas com cremes, requer tratamentos tópicos associados a isotretinoína oral,” acrescenta a médica.

Independentemente da origem das borbulhas, há alguns gestos que fazem toda a diferença na hora de manter a pele bonita e saudável. Eis alguns deles:
• Usar apenas produtos adequados ao tipo e condição da pele, de preferência oil free e não comedogénicos.
• Limpar o rosto de manhã e à noite com um produto suave, que deixe a pele limpa mas não a repuxar.
• Lavar as mãos antes de aplicar os cremes e a maquilhagem.
• Aplicar a maquilhagem com os dedos (limpos). Se se optar por pincéis e esponjas, lavá-los diariamente.
• Evitar tocar no rosto com as mãos: os dedos transportam uma infinidade de bactérias.
• Não espremer nada, para não inflamar ainda mais a lesão, o que deixa cicatriz.
• Não apanhar sol sem protetor solar oil-free.
• Não correr para o médico à primeira borbulha, mas também não esperar até à última.

Single mine, se és daquelas mulheres que não fazem a mínima ideia do que estou para aqui a falar, nem sabes a sorte que tens. Por outro lado, se pertenceres à turmina das portadoras de pele oleosa com tendência acneíca fica a saber que há esperança e que ela passa justamente pelos conselhos que referi há pouco.

Deixo-te com aquele abraço amigo e votos de um glorioso fim de semana!

Autoria e outros dados (tags, etc)

06
Abr16

O poder do açafrão

por Sara Sarowsky

 

002dfead.jpgA propósito do meu almoço de hoje, arroz à valenciana, lembrei-me de partilhar contigo algumas curiosidades sobre o açafrão, um tempero que aprecio muito e que vai bem com (quase) tudo. Sobretudo com paella.

Inúmeros estudos de alta qualidade e rigor demonstram os benefícios do açafrão para o corpo e para o cérebro. Entre os mais evidentes, destacam-se efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios, antidepressivos, melhoria da função cerebral, redução do risco de doenças do coração, prevenção e tratamento de doenças como diabetes, cancro, Alzheimer e artrite, efeito antiaging e combate a doenças crónicas relacionadas com o envelhecimento.

O açafrão previne leucemia, impede que o cancro de mama se espalhe, reduz inchaço e inflamações, inclusive nas articulações, fortalece o sistema digestivo, auxilia a circulação sanguínea, regula o nível de açúcar no sangue e aumenta a imunidade do organismo. Para todas essas condições, basta ingerir meia colher de chá misturada na água, todos os dias.

No que toca ao bem-estar físico, os seus principais benefícios prendem-se mais com os cuidados da pele, uma vez que regula a pigmentação, trata a acne, o eczema e a psoríase. Ingerir açafrão com frequência ajuda a diminuir manchas escuras na face, causadas pelo sol, e deixa o tom de pele com a sua cor natural. Para além disso, pode usar esta substância nestas mezinhas caseiras:

* Para clarear a pele: misturar bem ½ colher de sopa de açafrão com 1 colher de sopa de sumo de limão (ou, em alternativa, 1 colher de sopa de sumo de pepino); passar no rosto; deixar agir 20 minutos e retirar com água fria. O uso regular desta máscara proporciona uma pele clara, hidratada, com aspeto brilhante.

* Para eliminar as marcas da acne: misturar 1 pitada de açafrão com 1 colher de sopa de pó de sândalo; acrescentar água suficiente para obter uma pasta lisa; passar no rosto; e deixar cerca de meia hora (dependendo da gravidade da situação, repetir 2 vezes na semana, ou três).

* Para exfoliar e tonificar o corpo: separar 2 colheres de sopa (ou mais, dependendo do teu tamanho) de farinha de grão-de-bico - que pode ser obtida a partir da trituração dos grãos secos -; adicionar ½ colher de chá de açafrão; acrescentar leite em caso de pele normal e água de rosas em caso de pele oleosa; passar por todo o corpo em movimentos suaves e circulares; deixar atuar por 10 minutos; e em seguida tomar banho normalmente.

* Para remover estrias: juntar 1 colher de sopa de iogurte natural a 2 pitadas de açafrão; esfregar sobre as marcas e deixe agir por 10 minutos e enxaguar. Deve ser repetido todos os dias.

* Para curar cortes, feridas, psoríase ou eczema: aplicar (2x por dia) o açafrão puro sobre a área a ser tratada.

* Para eliminar cravos: esfregar o pó de açafrão diretamente sobre ele, durante 5 minutos, todos os dias, até que seja eliminado.

Por acaso nunca experimentei nenhuma delas, mas é minha intenção fazê-lo logo que possível. Dado que o dinheiro para tratamentos estéticos mais elaborados (refiro-me a spa’s e clínicas) há muito que não abunda para os meus lados, resta-me recorrer a este tipo de soluçõe e rezar para que funcionem. Espero que a máscara facial revele-se particularmente eficaz no combate a estas malditas manchas na cara, efeitos secundários "daquela" alergia, que está a mutilar a minha autoestima. Morro por dentro cada vez que me vejo ao espelho – só de lembrar que apenas uns meses atrás tinha uma pele maravilhosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Nov15

Máscara firmadora caseira

por Sara Sarowsky

mascara-facial-166224161.jpg

 

Esta não posso mesmo deixar de partilhar, afinal que mulher fica indiferente a um truque de beleza caseiro, simples, barato, fácil de fazer e altamente eficaz?

 

De acordo com a revista Máxima, este tratamento é indicado para diminuir a aparência de poros dilatados e recuperar a firmeza da pele com um ingrediente natural. Para tal, basta aplicar a clara de um ovo, pura, sobre todo o rosto, depois é só esperar secar totalmente e retirar com água morna. Pelos vistos, ela promove um efeito de lifting por ser rica em proteínas que estimulam a produção de colágeno na pele. O tratamento pode ser repetido diariamente.

 

Com um ovo numa mão e o tablet na outra, eis-me pronta para por em prática esta dica. Depois conto-te se faz (ou não efeito). Fui aí ficar mais bonita e volto amanhã!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D