Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!

11
Mar16

Popcorn-boom-Is-there-room-for-growth-competition.
Porque é sexta, porque faz um belo dia, porque fim-de-semana rima com cinema e porque adoro-as, o artigo de hoje é sobre as pipocas e ama fórmula caseira e saudável de as preparar.

Não me recordo de nenhum snack que eu aprecie mais. Até uns dias atrás, comia quase todos os dias - tipo dia sim, dia não - não porque não me apetecesse intensificar o consumo, mas porque evitava abusar do sal e do processamento a que estavam sujeitas. Agora descobri uma técnica de prepará-las em casa, apenas com água, ou seja adição de nenhum tipo de gordura.

A receita é tão simples como isso:
Ingredientes
- Milho para pipocas

- Água
- Sal q.b.

Modo de preparação
Num recipiente de vidro, juntar o milho à água. Por cada colher de sopa de milho, outra igual de água. Acrescentar sal a gosto, misturar tudo e cobrir a tigela com papel aderente (convém fazer 4 furos com um garfo no papel). Depois disso, é só ir ao micro-ondas por alguns minutos (entre 4 a 6, depende do aparelho) em potência máxima. Et voilá! Pipocas quentes, saborosas, saudáveis e à vontade do teu apetite. Nem imaginas o meu estado de êxtase atual por poder comê-las todo santo dia. E sem peso na consciência, nem risco de comprometer o meu corpinho danone. A minha fórmula ideal resulta da mistura de 3 colheres de milho com 3 de água e cerca de 5 minutos no micro-ondas. Atenção, que quanto maior a quantidade de milho, maior o tempo necessário para pipocar.

Tempo de preparação
4-6 minutos

Grau de dificuldade
0


Este snack sabe sempre bem, mas melhor ainda à noite quando bate aquele fomeca traiçoeira que teima em impor-se instantes antes de irmos para a cama. Nestas alturas, o nosso primeiro impulso é atacar o stock de iogurtes, doces, bolachas, torradas ou barrinhas de cereais. Pois eu prefiro atacar as pipocas. Além de saborosíssimas, as pipocas possuem uma enorme riqueza nutricional, já que contêm fibras, polifenóis, antioxidantes, vitaminas do complexo B, manganês e magnésio. Atualmente há pesquisas que mostram que as pipocas podem conter mais antioxidantes e serem mais eficientes ao sistema imunológico do que muitas frutas e hortaliças.

Mas atenção, meu bem, que o seu limite como alimento saudável termina quando começa a adição exagerada de sal, manteiga, conservantes industrializados ou outros aromas e coberturas sobre elas. Daí esta receita ser um verdadeiro presente dos deuses.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade



Posts mais comentados



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D