Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!

11
Mar20

Boys will be boys

por Sara Sarowsky

man-3839756_1920.jpg- Amor, levas-me a jantar fora um dia destes?
- Claro paixão! Quando queres ir?
- Que tal esta sexta-feira?
-Epa! Sexta não dá, que vou beber umas jolas com a malta.
- E sábado?
- Oh! Sábado vou ao futebol com a rapaziada…

Este é apenas um mero exemplo do drama nosso de toda a semana. A questão é: será assim tão importante para nós homens mantermos a rotina depois de uma pessoa entrar sem aviso prévio na nossa vida? Será que a rotina com os nossos boys é apenas uma fuga de escape para o caso de alguma coisa correr mal com a babe e ao menos não tivemos que deixar de fazer as coisas que curtíamos por causa dela? Ou é somente aquela máxima de "bros before hoes", que nos tempos que correm já nem faz sentido?
 
Será a falta de convívio com a malta assim tão relevante para a felicidade masculina, ao ponto de estarmos sempre disponíveis para a queca e imensamente ocupados para levar a jantar, ir ao cinema, passear, acompanhar nos convívios familiares ou algo assim que seja um date com a miúda por quem, por acaso, até temos um crush?
 
Ainda no outro dia vesti a pele de cupido com dois amigos meus. Ambos solteiros e boas pessoas. Ele, um pouco ferido por ter terminado recentemente uma relação de longa data, e ela com medo de investir numa nova relação depois de as três últimas terem sido um fracasso. Ela interessou-se em saber a idade dele, se tinha emprego estável, se é saudável e esse tipo de coisas normais (pelo menos, para as mulheres). Ele interessou-se em saber se ela tinha mamas grandes e se chupa bem… Percebeste a diferença? Não? OK, eu explico! Boys will be boys, mas até nós, constantes infantes, temos de perceber que uma mulher é mais do que mamas e bicos.
 
A maioria das que eu conheço são independentes, sabendo bem o que querem e melhor ainda o que não querem. Uma coisa te garanto: elas não querem um rapazola que depois do serviço feito vai para o café beber jolas ou jogar consola com o buddy. Elas querem um homem que cumpra o serviço na totalidade, ou seja, que para além da cama também queira estar ao seu lado em eventos sociais e programinhas de casais. Tudo isso sem que ela tenha de estar sempre a sugerir, mendigar ou exigir.
 
Por isso, meu amigo, a fórmula é simples: menos tempo com os amigos, mais tempo com os crushs; mesmo que, volta e meia, recebas uma chamada de um "bro" a pedir socorro para alguma coisa que só tu consegues resolver. Ai de ti se disseres que fui eu quem disse!
 
See you next month!
Yours, Mr. Bali

Autoria e outros dados (tags, etc)

18
Set19

naked-1847866_960_720.jpg

Viva!

Já de olho numa segunda nomeação aos Sapos do Ano, da qual saí vencedora o ano passado, na categoria Sexualidade, para hoje escolhi apelar novamente ao tema sexo, um sucesso de leitura. Visa assim este post desconstruir alguns mitos à volta do sexo no masculino, mais não seja porque muitas de nós acreditam piamente que para os homens é tudo fácil nesse campo.

Sabendo que não é bem assim que a banda toca, a jornalista e escritora Isabel Stilwell, num artigo para a Máxima, valida (ou não) umas quantas máximas tomadas como dogmas, mas que na verdade não passam de falácias. Curiosa para saber quais as verdades e mentiras sobre os homens e o sexo? Ei-las!

Estão sempre prontos para a ação? Falso!
De acordo com o sexólogo Júlio Machado Vaz, este é um mito que assombra a vida de muitos homens, receosos de não preencherem os requisitos para serem definidos como 'normal'. Também eles lidam com dificuldades sexuais, às vezes mais graves que as das mulheres, sendo as mais frequentes a ejaculação precoce, a disfunção erétil e, cada vez mais, a falta de desejo.


Acham sempre que são bons amantes? Falso!
Na ótica do sexólogo Pedro Nobre, "os homens tendem a subestimar a sua resposta física, acreditando que é menor do que na realidade é". Trocado por miúdos isto quer dizer que a insegurança deles em relação à performance é bem maior do que se pensa.


A novidade é sempre melhor? Depende!
Júlio Machado Vaz considera que, com a maturidade, a vida sexual pode tornar-se mais gratificante, seja pela intimidade obtida, pela queda de tabus ou por uma maior autoestima. Moral da estória: com o passar do tempo a diminuição da frequência pode revelar-se inversamente proporcional ao aumento da qualidade de uma relação sexual.


O desejo vai diminuindo com a idade? Verdade!
"O desejo, em geral, vai diminuindo de intensidade, como tantas outras variáveis fisiológicas", explica Júlio Machado Vaz. Quanto a isso nada a fazer, a não ser recorrer ao comprimido azul.


O orgasmo feminino é um bónus, mas não essencial? Falso!
Para alguns homens, o atingir do orgasmo por parte das mulheres reforça o seu ego, provando a sua "eficácia" sexual. Não conseguir que a parceira atinja a satisfação plena pode tornar-se problemático para a relação, pela frustração que acarreta para ambos os parceiros.


Os homens não fazem frete no sexo? Falso!
"Eles também fazem frete, claro. É evidente que fingir ou forçar uma ereção não é tarefa fácil, mas ouço relatos de quem é obrigado a fantasiar com outras mulheres para se excitar", esclarece Júlio Machado Vaz.


20 minutos é o tempo aceitável para uma relação sexual? Falso!
"Muitos são aqueles que pensam que uma relação sexual abaixo deste limite de tempo corresponde a um problema de ejaculação prematura. É manifestamente exagerado e resulta de uma mensagem muito alimentada pela indústria pornográfica que é, para muitos, o primeiro contacto e fonte de informação sexual. A média real é entre 2 e 5 minutos", garante o especialista.

Single mine, espero que este artigo tenha servido para elucidar algumas crenças sobre os homens e o sexo, sobretudo para deixar claro que também eles estão sujeitos a pressões sociais, constrangimentos físicos, limitações fisiológicas e até inseguranças psicológicas. Nunca é demais salientar que eles nem sempre dão conta do recado, não pensam "naquilo" o tempo todo nem saem por aí a "papar" tudo o que lhes aparece pela frente. Claro que existem umas quantas exceções, coisa pouca, tipo 50%.

Antes que seja inundada por uma chuva de protestos por parte daqueles que não se reveem nesta minha estatística, dou por encerradas as provocações do dia. Deixo-te com aquele abraço amigo e a garantia de estar de volta antes do final da semana. Hasta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

sorry-science-says-that-hot-guy-probably-has-lazy-Ora viva!

Na senda de uma fantástica ideia do seguidor Fiquemos pelo anonimato, que me fez arrebitar logo pela manhã, a semana arranca com um artigo especialmente dedicado aos barricados do outro lado da solteirice.

Ao contrário do que sempre se pensou, parece que o tamanho do pénis não é o que mais atormenta o sexo oposto. Algum palpite aí sobre que coisa é essa? Não? Está bem, eu conto!

Segundo um estudo divulgado pelo Daily Star, os homens – pasmemo-nos! – gastam 35 minutos por dia a pensar na sua aparência, estando o excesso de peso, seguido da queda de cabelo e do formato do corpo, no topo da sua lista de dramas mentais.

O estudo garante ainda que metade não se sente confiante em relação ao seu aspeto físico, ao passo que mais de 80% assume estar satisfeito com o tamanho do seu órgão sexual.

Interessantes estes dados, sem dúvida. Não só confirma que, afinal, a preocupação deles com a "embalagem" é maior do que se imaginava, como mostra que a razão da sua satisfação já não é uma questão de centímetros mas sim de gostosura.

Ei tu aí, sim tu do sexo masculino que acabaste de ler isto, faça-nos o favor de te pronunciares sobre o assunto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

RX-Press-Kits_Closet-Maid-men-dressing_s4x3.jpg.re
O artigo de hoje é especialmente dedicado aos meus seguidores masculinos, se bem que isso não quer dizer que não possa interessar às minhas meninas, já que é sempre estar a par do que acontece no universo paralelo (deles) para poderem saber identificar o in e o out nos gajos com os quais se relacionam ou venham a relacionar-se.

Aos meus meninos, que souberam conquistar o seu lugar neste (nosso) espaço e a quem tenho que passar a dedicar mais atenção - as estatísticas demonstram que são a minha audiência mais participativa. As 'minas' leem e passam à frente, comentando vez e outra. Os 'minos', por sua vez, leem, comentam, contestam e até partilham experiências próprias. É curioso que 'eles' interajam mais quando este blog está mais direcionado a 'elas'. Enfim… retomemos o fio à meada.

Falemos então de algumas peças masculinas totalmente démodés, de outras que nunca estiveram na moda e de umas poucas que não deveriam sequer ter existido, já que são um autêntico atentado ao bom gosto.

Rapazes, se alguns destes itens figurar do vosso roupeiro está na hora de livrarem-se delas. Meninas, se por acaso detetarem as mesmas no closet de algum gajo das vossas relações, não há motivos para panicar. Basta chamá-los à razão ou darem um jeito de extraviá-las, já que, de acordo, com os fashions advisors, nenhum dos itens que a seguir descrimino deve constar do guarda-roupa de um homem adulto com um mínimo de sentido de estética e respeito pelo bom gosto das descendentes diretas de Vénus. Tomem nota delas:

Camisas "para sair"
É aquela peça que pensas ser a ideal para a night. Nos dias de hoje não existem camisas específicas para sair, já que qualquer uma serve tal propósito. A não ser que vás a um casamento ou a reuniões de trabalho, não te esforces tanto para caprichar na hora de socializar.


Jeans bordados
A única razão aceitável para vestires calças de ganga bordadas será pelo facto de teres sido tu a decorá-las, querendo assim exibir os teus dotes artísticos. Ainda assim…


Chinelos de plástico
A não ser que sejas o CR7 ou um atleta de alta competição, esquece-as, pois elas só ficam bem na praia e no balneário do ginásio. Isto também se aplica àqueles com uma fita da Adidas – que os putos usam na escola preparatória. Eu sei que o Zuckerberg é adepto deles, mas convenhamos que bom gosto e estilo não são o forte do big boss do Facebook.


Cintos com pinos
Estes cintos foram inventados para ajudar os teenagers a darem vazão àquela angústia típica da idade. Ainda estás nessa fase?


Colete sem fato
Usar um fato de três peças é sexy e elegante. Agora, utilizar apenas o colete é o ó, vai por mim.


Gravatas largas
Estas gravatas fizeram sucesso em 1990 e nós estamos em 2016, ou seja, passaram-se mais de duas décadas. Preciso dizer mais?


Sandálias
Não me é clara a verdadeira razão para existirem sandálias masculinas. Não é claro que sirvam para correr, para usar na praia ou para fazer caminhadas. Quanto a mim, parece-me que foram feitas para humilhar quem os calça. Quando as usam com meias então, ao estilo missionários jesuítas, quel horror, mon Dieu de la Croix.


Casacos oversizes
Quero lá saber se foi herança familiar, se foi prenda a mamã/esposa ou se o compraste quando tinhas menos 20 kilos. Gajo com estilo veste roupas à medida, pois têm consciência de que assim vai parecer elegante e sentir-se confortável – sem se afogar nas próprias roupas.


Sapatos quadrados
Para mim esta é uma invenção incompreensível, que atualmente faz parte daquela moda que entrou em estado vegetativo, cuja família - indústria do calçado - recusa desligar as máquinas. Caso possuas um exemplar destes, que tal dares o teu contributo e acabares com o sofrimento da pobre criatura?


Calças com demasiados bolsos
A não ser que sejas escuteiro ou profissional de imagem, este tipo de calças não te traz nenhuma vantagem. Admito que já tiveram o seu momento de glória – eu adorava umas verde-musgo made in USA -, mas o facto é que elas passaram à história. Pode ser que o estilo volte à ribalta, mas até lá esquece-as de uma vez por todas.


Calças bombazina
A não ser que tenhas mais de 60 anos ou tenhas parado no tempo, é inadmissível que uses estas calças, por mais que as lojas insistam em comercializá-las. A meu ver, a par do casaco em xadrez, é a peça mais horrível que um homem jovem deve usar.


Bermudas
Calções de banho compridos não é cool, portanto assegura-te que os teus sejam decentes, que se adaptem à cintura e que fiquem acima do joelho. Sunga, só para quem está fit até à medula – e mesmo assim - ou nasceu em terras de Vera Cruz.


Bonés bordados e colares de missangas
O primeiro foi popular durante um curto período. Isto por si só já diz tudo. Portanto, façamos de conta que nunca existiram e sigamos adiante. Quanto aos colares de missangas… São uma coisa estranha e nada viris, ponto final.


Camisa de manga cava
Eu sei que os caramelos musculados dos ginásios usam e abusam delas. Nem por isso são do agrado do mulherio, pelo contrário. Consideramo-las simplesmente desgusting.


Camisas floridas ou com padrões grandes
Nunca, em hipótese alguma. A não ser que sejas hipster, estilista, gay, turista em terras tropicais ou simplesmente bimbo, deixa isso para os putos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

13
Jan16

12 Mandamentos das mulheres

por Sara Sarowsky

Depositphotos_4596974_m-1480x960.jpg

 

Como estes mandamentos são de autor desconhecido, tomei a liberdade de lhes fazer um update, mais ao estilo do Ainda Solteira. Espero que gostes.

 

1. Mulher não mente, guarda alguns factos para si.

2. Mulher não fofoca, partilha informações.

3. Mulher não trai, dá o troco.

4. Mulher não fica bêbada, solta-se.

5. Mulher não ofende, apenas é sincera.

6. Mulher não grita, testa as cordas vocais.

7. Mulher não chora, lava as pupilas dos olhos.

8. Mulher não cobiça um homem gostoso, apenas aprecia obras de arte.

9. Mulher entende tudo o que um homem diz, só pede que explique novamente para testar sua capacidade de raciocínio.

10. Mulher não sente preguiça, descansa a beleza.

11. Mulher não sofre por amor, sofre pelos sonhos desfeitos.

12. Mulher não engana os homens, apenas pratica o que aprendeu com eles.

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Dez15

2015-10-16-Encontrar-o-Ex.jpg

 

Acaso pretendas ou aspiras alterar o teu status quo para "ocupada", vulgo comprometida, faça-te a ti mesma o favor de assimilar ipsis verbis as dicas deste manual de instruções, escritas na primeira pessoa, logo por quem melhor domina o assunto. Caso contrário, apenas lê, comenta e dá graças por continuares leve, livre e solta, sem ter que aturá-los.

 

Por favor entendam (de uma vez por todas) que nós somos assim:

1. Peitos foram feitos para serem olhados e é isso que nós iremos fazer. Não tentes mudar isso.
Aprende tu a usar a tampa da sanita, já que és uma menina crescida. Se ela está levantada, baixe-a. Vocês precisam dela baixada, nós precisamos dela levantada. Não nos vês a reclamar por que a deixaste baixada.
3. Domingo = Desporto. É a mesma relação que a lua cheia tem com as mudanças na maré. Deixa estar.
4. Comprar NÃO é um desporto. E não, nunca vamos pensar nisso dessa forma.
5. Chorar é chantagem.
6. Pergunte o que quiseres. Vamos ser claros nisso: dicas sutis não funcionam! Dicas claras não funcionam! Dicas óbvias não funcionam! Apenas diz logo o que queres.
7. Sim e Não são respostas perfeitas para praticamente todas as questões existentes.
8. Fale connosco a respeito de um problema somente se quiseres ajuda para resolvê-lo. Isso é o que fazemos. Simpatia é trabalho das tuas amigas
9. Uma dor de cabeça que dura 17 meses é um problema. Procura um médico.
10. Qualquer coisa que dissemos há 6 meses atrás é inadmissível como argumento. Na verdade, todos os comentários tornam-se nulos após 7 dias.
11. Se pensas que está gorda, provavelmente estás. Não nos pergunte.
12. Se algo que nós dissemos pode ser interpretado de duas formas, e uma delas faz-te ficar irritada e triste, nós queríamos usar a outra forma.
13. Sempre que possível, fala tudo o que tens a falar durante a publicidade.
14. Cristóvão Colombo não precisou de parar para pedir informações. Nem nós.
15. TODOS os homens distinguem apenas 16 cores, assim como as definições básicas do Windows. Pêssego, por exemplo, é uma fruta, não uma cor. Salmão é um peixe. Não fazemos ideia do que é âmbar ou nude.
16. Se algo coça, será coçado. Nós fazemos isso.
17. Se te perguntamos se há algo errado e respondes 'nada', nós agiremos como se, de facto, nada fosse. Nós sabemos que estás a mentir, mas não vale a pena a discussão.
18. Se fizeres uma pergunta para a qual não queres uma resposta, espere uma resposta que não querias ouvir.
19. Quando precisamos de sair, absolutamente tudo que estás a usar está bom. Sério.
20. Não perguntes o que estamos a pensar, a não ser que estejas preparada para discutir sobre Sexo, Desporto ou Carros.
21. Possuis roupas suficientes.
22. Possuis sapatos a mais.
23. Eu estou em forma. Redondo é uma forma.
24. Obrigado por leres isso; Sim, eu sei, tenho que dormir na sala hoje, mas saiba que os homens não se importam com isso, é como acampar.

 

Seja qual for a tua situação é sempre bom estarmos a par das últimas novidades no setor, não vá o amor apanhar-nos na curva.

 

Votos de um sábado radioso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Dez15

Toda a verdade sobre ELES

por Sara Sarowsky

Thinking-man.jpg

 

Que tal te parece esta lista da revista Máxima, na qual elencam 20 verdades sobre os homens?

 

1- Os homens reparam se eu ganhar 2 ou 5 quilos?
Dois, não. Cinco, sim! 

 

2- Do que é que têm mais medo na cama?
Que possas estar a fingir o orgasmo.

 

3- Quando digo: "Não se passa nada. Está tudo bem", ele acredita mesmo em mim?
Provavelmente não. Os estudos mostram que os homens nem sempre são bons a ler as nossas emoções, mas reconhecem as expressões que significam "alerta vermelho".

 

4- Como é que ele prefere que eu me redima depois de ter feito asneira?
Faz um simples contato visual e pede-lhe desculpa, pois a maior parte dos homens não precisa de mais.

 

5- O meu marido já não tem muitos amigos chegados. Devo preocupar-me?
Sim. Ele vai começar a sentir-se isolado. Organiza um jantar em vossa casa e pede-lhe para convidar alguns colegas de trabalho. 

 

6- Quando é que começam a considerar uma relação séria?
No momento em que param de dormir com outras mulheres e não têm qualquer problema com isso. 

 

7- Os homens com pénis pequenos sabem que têm o pénis pequeno?
Sim, eles têm noção do tamanho médio.

 

8- Se uma mulher é muito louca na cama, isso fá-los pensar que não é a pessoa certa para uma relação séria?
Pode acontecer. Espera pelo estatuto de namorada antes de soltares a sex bomb que tens dentro de ti.

 

9- Porque é que a atenção dos homens nunca divaga durante o sexo?
Eles estão habituados em focar-se num assunto de cada vez, logo não é de estranhar que esteja, completamente concentrado durante a relação sexual. E ainda bem…

 

10- Porque é que os homens nunca notam quando cortamos o cabelo?
Ele olha para a imagem geral, não para os pequenos detalhes, como o teu novo penteado.

 

11- A seguir ao sexo, o que é que ele partilha com os amigos?
Depende. Se for o caso de uma noite, tudo. Se ele achar que poderá tratar-se da próxima namorada, absolutamente nada.

 

12- E se estivermos a falar de uma relação estável, o que é que contam aos amigos sobre a vida sexual?
Na realidade, muito pouco. Mais do que isso poderia aguçar a curiosidade alheia.

 

13- O que é que passa pela cabeça de um homem quando me vê nua pela primeira vez?
Pura luxúria. 

 

14- Porque é que nunca se conseguem recordar de aniversários ou das datas especiais?
Eles odeiam que as mulheres os considerem incapazes de memorizar datas e recusam-se apontá-las nas agendas, como forma de protesto. O problema é que depois acabam mesmo por se esquecer.

 

15- Porque é tão mais fácil para os homens terem uma relação sem compromisso e não ficarem emocionalmente ligados à parceira?
É uma questão biológica. O organismo das mulheres liberta uma substância chamada ocitocina, o que faz com que nos seja mais fácil criarmos uma ligação emocional.

 

16- A quem é que os homens pedem conselhos quando têm um problema sentimental?
A ninguém, na maioria dos casos. Se estiverem realmente aborrecidos, desabafam com um amigo.

 

17- Como sei se um homem já ultrapassou uma má separação?
Se conseguir falar disso abertamente.

 

18- Se não me relacionar com os amigos dele, isso significa que vai pensar que a relação não é para durar?
Não é um bom sinal, de facto…

 

19- Porque é que os homens se tornam autênticas crianças quando estão doentes, mesmo quando se trata de uma simples constipação?
Os homens dramatizam os sintomas para receber mais atenção.

 

20- Porque razão é que os homens odeiam fazer planos a longo prazo, como uma viagem no aniversario de namoro?
Porque assim não lhe podes dizer: "Mas tu prometeste que fazíamos isto…", caso ele entretanto mude de ideias.

 

Depois desta, a conclusão a que chego é que os homens são criaturas simples, diria até binárias, que reagem ao "sim" e ao "não" conforme o estímulo que se lhes dá. Quando o estímulo prende-se com a líbido e as questões carnais o "sim" é quase certo. Quando o estímulo prende-se com questões emocionais, aí a cantiga é outra.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D