Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!

28424903_10215791447286187_5688895341270984887_o.j

Viva!

 

Uma publicação da GQ veio lançar uma nova luz sobre o conceito feminino de sexy quando o assunto é o corpo masculino. Por não me rever minimamente na ordem de importância dessas preferências, daqui para a frente passarei a adotar um discurso na terceira pessoa do plural ("elas"). Comprometo-me a, no final da crónica, partilhar contigo a minha própria versão da tabela classificativa (que ainda não sabes qual é, mas que passarei a explicar tout de suite).

 

Retomando o fio à meada, é facto assente que o chamado "six-pack" é uma parte da anatomia masculina amplamente cobiçada pelas portadoras de estrogénio e descaradamente invejada pelos detentores de testosterona que não desfrutam dessa graça viril. Tanto assim é que muitos homens dão o suor, sangue e lágrimas para obterem um abdómen esculpido. Outros, e são cada vez mais, optam por recorrer a intervenções estéticas como forma de obterem a tão almejada barriga de tanquinho.

 

Independentemente da taxa de esforço indexada a uns abdominais definidos, trata-se de um investimento com retorno nunca abaixo dos 100 porcento. Mudando o discurso para a primeira pessoa do singluar, digo que um "six-pack" é meio caminho andado para o clímax. Se vier acompanhado do tal V (que eu batizei de vale da perdição), é satisfação garantida na certa; se é que me faço entender.

 

Favoritismo pessoal à parte, um estudo recente da revista americana GQ conseguiu que as discípulas de Vénus classificassem, por ordem de preferência, as partes do corpo masculino que mais apreciavam. Eis o resultado:

 

8. Peito
Apenas 2% das inquiridas destacou o peito como a zona que mais atração desperta. Aos humanóides que andam por aí a ostentar orgulhosamente uma espécie de camião TIR da cintura para cima fica o recado: esta é parte da vossa anatomia que reuniu menor preferência. Portanto, deixem-se dos anabolizantes e dessas cenas proteícas e continuem a ler que este artigo ainda tem muito a dizer.

 

7. Pernas
Só 5% das mulheres reconheceram as pernas como a parte mais sexy do corpo de um homem. Isto é um fluorescente cartão vermelho aos caramelos lá do ginásio cujas pernas mais parecem uma pata de bisonte de tão musculadas que são. A não ser que pretendam tornar-se o CR8, foquem as vossas energias noutras partes, que o mulherio agradece.

 

6. Rabo
A crença de que só os homens são chegados nuns glúteos bem definidos é um mito que urge ser relegado ao seu lugar na história. Nós também apreciamos (e como!) um bom derrière. A prova disso é que 7% das mulheres a consideram a parte do corpo deles que mais lhes agrada. Por isso, toca a incluir exercícios específicos para essa zona no vosso plano de treinos. Agacha, agacha, agacha...

 

5. Abdómen
Para meu espanto, os abdominais emparelhados de que eu sou uma adepta fanática só reuniu a preferência de 9% das entrevistadas. Ainda que no modesto 5º lugar, parece-me que investir nessa região inferior do tronco continua a ser uma aposta ganha. Nem que seja por uma questão de saúde, já que a gordura ao redor da cintura está associada a riscos acrescidos de uma série de doenças. Just in case, continuem a dar no duro, que mal não há de fazer.

 

4 . V
O corte V é aquela coisa magnífica, estrategicamente aninhada entre o abdómen e a pélvis, e apenas visível quando se goza de uma excelente forma física. Obter tão distinta certificação exige treinos intensivos, alimentação rigorosa e uma genética de primeira. Pena que só 15% das norte-americanas o tenha achado sexy. Tenho sérias dúvidas de que elas soubessem de facto o que seria um V. Inseridas numa das populações mais obesas do mundo, as coitadas não devem ter tido o previlégio de um encontro imediato de primeiro grau com algum exemplar todo talhado no V.

 

3. Costas
18% das mulheres admitiram não resistir a umas costas largas, considerado-o um atributo físico altamente sensual. Para quem sempre apostou no treino de costas, eis a merecida recompensa. Para quem nunca deu tanta importância à coisa, é hora de remadas, elevações e pesos mortos. Oh se é!

 

2. Ombros
A segunda surpresa do estudo: os ombros conseguiram a medalha de prata. Quase 19% da amostra considerou que estes eram a parte mais sexy no físico deles. Opinião da qual discordo veementemente. Desde quando os ombros são mais sensuais do que o V ou o "six-pack"? Só na América mesmo.

 

1. Bíceps
A parte da anatomia masculina que reuniu maior preferência foram os braços, com uma em cada quatro mulheres (24%) a admitirem não lhes resistir. Apesar de reconhecer o valor de uns bíceps tonificados, volto a protestar contra. Mas estas gajas têm o quê na cabeça, fast-food? Só pode!

 

Agora que já te dei a conhecer a lista deles, eis a minha: 4, 5, 8, 6, 3, 7, 2 e 1. Ilustrando: V, six-pack, peito, rabo, costas, pernas, ombros e bíceps. Como podes contastar a preferência das mulheres este lado do Atlântico – sim, porque fiz questão de levar a cabo o meu próprio estudo, desta vez com uma amostra mais representativa da realidade com a qual me identifico – são completamente diferentes. Enfim...

 

Até e um ótimo fim de semana!

Autoria e outros dados (tags, etc)

11407193_10206921052091851_8737654162092014900_n.j

Viva!

 

Ontem baldei-me, muito por culpa da operária inspiração que resolveu dar uma de líder sindicalista. Encetada a negociação e atendida a sua reivendicação, é com todo o gosto que retomo a produção da crónica do dia, hoje sobre o entendimento masculino acerca da cabeleira feminina.

 

Os homens preferem as loiras! Em algum momento da nossa existência todas ouvimos esta, mas será mesmo assim? Tudo leva a crer que sim, afinal o que mais abundam pelos corredores da humanidade são criações da literatura, do cinema, da moda e da vida real que apontam nesse sentido. Sem falar no próprio sexo masculino – que as associam a sexo fogoso – e nas inúmeras mulheres que, por razões várias, optam por clarear o cabelo. Eu mesma, por duas ocasiões, embarquei nessa onda.

 

Crenças à parte, serve este post o propósito de desmestificar esta questão, que a muitos assola e a tantos ilude. Sobre isso, não poderia ser mais esclarecedora uma publicação do The Journal of Social Psychology alusiva a uma investigação da universidade americana de Augsburg.

 

Com o intuito de entender a real influência que a cor e o tamanho do cabelo de uma mulher tem na opinião do sexo masculino sobre ela, uma equipa de psicólogos daquela instituição de ensino avaliou as cores de cabelo loiro, castanho e preto, bem como os tamanhos curto, médio e longo, e relacionou essas caraterísticas com a perceção masculina em termos de idade, saúde, potencial de relação e capacidade parental.

 

Feito isso, os académicos concluíram que as mulheres com cabelo mais claro são consideradas mais jovens, saudáveis e atraentes, quando comparadas com as de cabelo escuro. No entanto, essas mesmas loiras foram apontadas como mais promíscuas que as demais, fazendo com que as morenas fossem vistas como uma melhor opção no que toca a relações amorosas e parentalidade, ficando as primeiras como preferidas para encontros amorosos.

 

A amostra do estudo (110 legítimos descendentes de Adão) considerou ainda que as mulheres de cabelo comprido são menos saudáveis e atraentes que aquelas que usam o cabelo num tamanho médio. E esta, hein?

 

Moral da estória: eles preferem as loiras para 'sexar', as morenas para procriar e as de cabelos médios para namorar.

 

Single mine, agora que já sabes o que pensam eles sobre a tonalidade e a extensão dos nossos cabelos, só tens que apostar numa cabeleira que vá de encontro ao que queres para a tua vida amorosa: affair, compromisso ou maternidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Blog do Ano




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog