Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


16
Out19

Sapos do Ano: here we go again

por Sara Sarowsky

frog-881655_960_720.jpg

Viva!
 
Em relação aos Sapos do Ano, iniciativa que destingiu o Ainda Solteira (AS) como melhor blog de sexualidade do ano 2018, a lista dos finalistas à edição 2019 está para ser conhecida a qualquer momento. Enquanto isso não acontece a organização vai conversando com cada um dos finalistas do ano passado.
 
Assim, ontem foi a vez do AS ser apresentado aos leitores do portal, nestes termos: "Tem a missão de desencardir mentalidades, num mundo completamente sujo e fechado. Diz querer provar que estar solteira é tão bom (ou melhor!) do que não estar. Eu daria uma oportunidade para ler Ainda Solteira e vocês?"

Presumindo que tu também lhe vais dar uma oportunidade, deixo-te com a versão integral do post:
 
Sapos do Ano: here we go again
Prestes a arrancar está uma nova edição dos Sapos do Ano, iniciativa que visa distinguir os melhores blogs do Sapo. Para tal, é preciso passar pelo crivo dos internautas, únicos responsáveis pela escolha dos finalistas, agrupados em 14 categorias: culinária e nutrição; desporto; família; educação; lifestyle, moda e beleza; poupança; fotografia; viagem; opinião; humor; livros; sexo e diário íntimo; animais; e generalista.
 
De acordo com Magda&David, os "culpados" por esta magnífica empreitada, os Sapos do Ano continuam fiel à sua essência, ou seja, destituída de intenções comerciais e/ou promocionais. Trocado por miúdos, isto quer dizer que o que move esta dupla é o desejo de contribuir para o reconhecimento de blogs anónimos alojados nesse portal.
 
Tendo sido uma das vencedoras na edição anterior, na categoria sexualidade, acredito reunir as condições desejáveis para ultrapassar com êxito esta primeira eliminatória. Assim, eis-me aqui a tentar vender o meu peixe com o olho fixo numa segunda distinção.
 
Este ano, a organização resolveu alterar o nome da categoria para sexo e diário íntimo, dando assim um cunho mais intimista, e pessoal, à temática. Confesso que adorei esta novidade, pois o Ainda Solteira (AS) identifica-se bem mais com esta nova designação.
 
Um espaço de partilha de informações, experiências, confidências, angústias e estórias à volta do tema solteirice, o AS, de modo mais ou menos acutilante, tenta com as suas publicações desmistificar e desconstruir a velha máxima de que uma solteira é uma mulher solitária, infeliz ou defeituosa.
 
Porque a solteirice ainda incomoda, é missão principal deste blog desencardir mentalidades, no sentido de provar que uma solteira pode ser tão ou mais feliz que uma emparelhada.
 
É por tudo isso – e mais alguns motivos que irás descobrir depois de o conheceres melhor – que o Ainda Solteira pede que lhe dês uma oportunidade, votando nele para melhor blog do Sapo na categoria Sexo e Diário Íntimo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

De Rute Justino a 16.10.2019 às 20:29

Boa sorte ;)
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 16.10.2019 às 20:38

🙏🏾💪🏻🌷
Perfil Facebook

De Manuel de Marques a 17.10.2019 às 12:14

Para Vencermos, como quem diz, VENCERES com todo o Mérito!!!
⚔️❣️⚔️
🐺
Perfil Facebook

De Manuel de Marques a 17.10.2019 às 12:36

Contribuindo, mal "amanhadamente":
😎

«ARTE DE AMAR»

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus – ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.
Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

(Manuel Bandeira)
🐺
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 17.10.2019 às 13:00

🙏🏾💪🏻👍😍
Sem imagem de perfil

De João a 17.10.2019 às 20:00

Se a amiga é solteira e se é feliz assim, então não complique, porque o amar o gostar da outra parte por vezes torna se triste, por existir as rotinas que matam as relações.

Nós não conhecemos ninguém na essência, só as mães conhecem os filhos e filhas por terem elos de ligação.

Criou se uma ideia formatada de existir obrigatoriamente casamentos, contratos, tivemos uma cultura demasiada pesada com a Inquisição a Igreja, que formatavam a sociedade em pedaços da boa aparência perante os outros. Não é obrigada a casar, encontre o seu amigo, que pode conversar saudavelmente e brinquem.

A vida é curta, se amiga é feliz assim solteira, pode conversar, sair, ter vários relacionamentos, almoçar o que quer, sem imposições da outra parte. O amor é uma coisa gira, tem que existir duas partes, mas na vida nós vemos uma das partes satisfeita com a vida e a outra metade do casal tem o sentimento mas não completamente igual à outra parte.

Depois temos as questões dos interesses, pode existir um gosto, uma paixão, muita intimidade mas é tudo temporário, os objectivos mudam sempre que amiga tem, o outro pode não aceitar e existir conflitos, sei que com a conversa vamos sempre a bom porto, mas nem todos fazem isto.

O homem na sua generalidade não ama, gosta do sexo, nós somos assim geneticamente, mas este comportamento está acontecer mais vezes na mulher porque começa a existir informação, independência, posição e todas estas variáveis e outras, levam a um desprendimento das amarras do passado. Os meus parabéns.

Antigamente e falo de 750 até 1800 mais ou menos este tempo, os casamentos era acordados entre casas (famílias) e eu li algo de extraordinário um casamento acordado entre irmãos, que a filha de um senhor estava prometido ao filho de outro senhor, e a menina gostou mais do outro primo e fugiram os dois. Isto era prática de dotes, castelos, florins de ouro, lugares, eram a fonte de negócio nesse tempo.

Hoje vivemos na democracia e a menina se quer ficar Solteira é livre, isso é muito bom, tem amigos, amigas, família e caso precise de procriar, arranja facilmente processos para acontecer essa situação.

Cumprimentos
João
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 17.10.2019 às 22:36

Que testemunho avassalador João.
Muito muito obrigada 🙏🏾👍
Espero 🤞 vê-lo mais vezes por cá.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D