Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


40455115_937971419739375_6212569867522932736_n.jpg

Viva!

 

Neste dia muito especial – em que a minha filhota do coração, a pessoa que eu mais amo neste mundo, completa uma década de vida –, retomo ao teu convívio, para já com as previsões da minha guru do bem e conselheira espiritual deste blog, a iluminada Isabel Soares dos Santos.

 

Acreditas que ela no outro dia sonhou que eu andava com o CR7 (sim, esse mesmo)? No entender dela o sonho é um presságio de que a caminho da minha vida está "dinheiro e um homem muito generoso", palavras da própria, não minhas.

 

Bem, este será seguramente tema para outra publicação, que hoje o assunto é saber o que nos reservam os astros para o nono mês do ano, o da rentrée, o da volta à ditadura do relógio, o dos dias mais curtos e menos quentes. Deixa-me mas é parar com as divagações poéticas e dar-te a conhecer de uma vez por todas as vibrações energéticas para este mês.

 

Finalmente chegou setembro! Depois de um agosto que parecia nunca mais acabar, com tantos planetas retrógrados e tantas pessoas em sofrimento... a boa notícia é que o pior mês do ano 2018 já passou. Já podemos respirar fundo, já podemos aos poucos sair do nosso esconderijo que nada de mal nos irá acontecer.

 

Setembro chega-nos com uma energia de maturidade, de recomeços, de início de ciclos com mais sabedoria e menos ansiedade. Enquanto que agosto teve uma energia de términos, setembro chega com uma energia renovada para iniciar algo novo. Mas para isso acontecer, seria bom que tivesses deixado tudo o que te causava dor no passado. Para quem conseguiu fazer isso, irá sentir uma leveza quase inexplicável durante este mês. E com essa leveza surge uma paz interior acompanhada da certeza de que tudo está bem.

 

Setembro é o mês da colheita. Depois dos últimos oito meses de aprendizagem, que foram meses de libertação emocional, é chegado o momento de colher tudo o que andaste a plantar nos últimos tempos. Para quem fez boas escolhas, daqui para a frente e até ao final do ano irá ter uns meses muito abençoados. Por outro lado, para quem decidiu permanecer agarrado a situações, pessoas ou coisas que lhe têm causado dor, vai ter a vida dificultada. Infelizmente, a energia pesada de agosto irá perdurar para essas pessoas até que a sua aprendizagem esteja completa e se consigam libertar do passado.

 

A maioria das pessoas pensa que já perdoou tudo, que não tem mais nada para esquecer nem para se libertar. E está tudo certo. Mas se assim for, porque continuam doentes? Porque continuam com uma sensação de vazio? Porque a abundância e o amor incondicional não são uma constante em suas vidas? É justamente aí que reside a resposta: quando ainda existe alguma sensação de mal-estar, seja ela física ou emocional, ainda não nos libertamos verdadeiramente.

 

O melhor que podes fazer neste mês é deixares de mentir a ti mesma e deixar toda a tua luz vir ao de cima. Mas uma coisa é certa, antes de existir luz, existe escuridão. Só quando aceitas completamente a tua escuridão é que és capaz de fazer a tua luz brilhar. Tudo depende de ti: se não aceitares a tua escuridão irás continuar na sombra e na dor, mas se a aceitares irás deixar que toda a tua luz venha ao de cima e milagres acontecerão.

 

Estou certa que és merecedora de todas as bênçãos do mundo. Contudo, és a única responsável por abrir os braços para as receber. Se não o fizeres irás continuar a ver todos à tua volta a mudar de vida e seguirem felizes e tu cada vez mais frustrada na tua escuridão e revolta.

 

Desejo, do fundo do coração, que consigas abraçar a vida com toda a tua luz. Desejos de um mês de setembro muito feliz a todos!

 

Abraço de luz,
Isabel 💗

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D