Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


01
Abr20

92122082_227393831960987_5091645465544359936_n.jpgOra viva!

Neste dia 1 de abril, partilho contigo as previsões energéticas da nossa guru espiritual para os próximos 30 dias. Elas chegam num momento particularmente penoso para todos nós, daí que devamos conceder-lhe uma atenção redobrada, bem como uma reflexão profunda.

De acordo com Isabel Soares dos Santos, "de repente, o mundo mudou!". Mas será que foi assim tão de repente? No seu entender, "os últimos anos faziam prever que alguma coisa ia acontecer muito em breve". Assim, a "necessidade de mudança surgiu através de uma ameaça invisível aos olhos, pelo que este é o momento que vai definir a história da humanidade."

Abril surge com a energia de "colheita". Que simbologia tão marcante para este momento. Só tu saberás o que vais colher. Abril é o mês de colocares as mãos no teu coração, conectares com a tua consciência divina e perguntares: nos últimos tempos tenho feito tudo o que estava ao meu alcance para me tornar uma pessoa melhor? Tenho aprendido com os erros do passado? Aprendi a perdoar-me? Aprendi a perdoar os outros? Aprendi o significado da compaixão? Tantas são as perguntas que podes fazer a ti mesma neste momento, que a minha única sugestão é colocares as mãos no teu coração e simplesmente ouvires as respostas.

Não temos mais tempo para mentiras! Não temos mais tempo para ilusões! Não temos mais tempo para falsas verdades! É tempo de encontrares a verdadeira essência no teu coração e aceitares quem realmente és!

A "colheita" vai ser implacável neste mês. Dá medo? Sim, pode dar muito medo. Mas o medo só assiste quem ainda não tomou consciência da sua verdade. Porque quem já assumiu a sua verdade, quem já fez um caminho de perdão e de compaixão por todas as experiências menos boas da vida, já sabe que o medo é inimigo da verdade. Neste caso, o medo vai-te apenas ajudar a arranjar "desculpas esfarrapadas" para fugires à responsabilidade das tuas ações.

Por isso, se quiseres sobreviver ao abril de 2020, tens que, em primeiro lugar, assumir os teus erros, aprender a perdoar, para depois, com consciência, tomares a decisão de viver na tua verdade e de te tornares a cada dia um melhor ser humano. Esta não é uma missão dos mais fortes. Esta é uma missão para qualquer um de nós. Esta é a missão de vida de qualquer pessoa que queira passar pela aprendizagem sem medos e trabalhar para todos os dias ser melhor.

Se na vida nos ensinam a escolher uma ocupação, a estudar e a trabalhar para desempenharmos bem uma profissão, então porque não haveríamos nós de trabalhar para cumprir a nossa principal missão enquanto sermos humanos?

Podes hoje mesmo escolher ser amor, em vez de dor. Só tu sabes o que vais colher em abril, pois só tu sabes, com a tua verdade, sabes o que andaste a plantar nos últimos tempos. E lembra-te, por mais dura que seja a experiência terrena neste momento, só a verdade te ajudará a libertar e a encontrar o amor divino em ti. Não precisas de contar a tua verdade a ninguém, contudo, precisas assumir a tua verdade em ti. Nunca aceites ser menos que a verdade.

A "colheita" do mês de abril pode tornar-se numa experiência maravilhosa para todas as pessoas que têm dado passos significativos na sua consciência divina. Para todos aqueles que já aprenderam a viver em amor e compaixão, abril irá passar muito rápido, e, a cada dia, irão sentir o coração a transbordar de amor, na esperança de, em breve, transformar esse amor à distância no amor que abraça e conforta no colo dos que mais amam.

Mantém a fé elevada. Mantém as tuas orações e meditações. É tempo de nos unirmos na fé. É tempo de nos reencontrarmos na nossa fé interna e de reencontramos a fé na humanidade. Eu tenho muita fé. A cada dia que passa, acredito que escolhemos esta passagem terrena e que estará nas nossas mãos decidir como queremos terminar. Eu escolho terminar em amor. Se tudo me faltar, eu irei terminar a transbordar de amor. Porque mereço e porque confio que o amor é a única forma de vida.

Desejos de um mês cheio de consciência divina e de amor para todos!

Abraço de Luz e lembra-te de que é nas situações mais difíceis que conseguimos compreender se estamos preparados para a evolução terrena e para a chegada da Era da Luz.
Isabel 💗

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D