Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


il_fullxfull.457249916_i6j1.jpgEste artigo é contribuição de Sílvia C., amiga de há muito lá na terra sab, companheira de solteirice e fiel leitora das minhas crónicas, que logo pela manhã enviou-me uma mensagem pelo Viber. Sabias que antigamente, na Inglaterra, as pessoas que não fossem da realeza tinham que pedir autorização ao monarca para terem relações sexuais, começou ela por perguntar-me.

Perante o meu ensonado não, remete-me ela um elucidativo texto sobre a origem de algumas palavras do nosso calão, consideradas por muito obscenas, mas que na sua origem tiveram motivações bem legítimas e legais. Por exemplo, quando os súbditos queriam ter filhos, pediam ao rei, que autorizava o coito e mandava entregar-lhes uma placa que deveria ser pendurada à porta da casa com a frase: Fornication Under Consent of the King (fornicação sob o consentimento do rei). Daí a sigla F.U.C.K, que originou fuck.

Em Portugal, devido à baixa natalidade, as pessoas eram obrigadas a manter relações sexuais por ordem do rei. Isso era chamado Fornicação Obrigatória por Despacho Administrativo. Daí a sigla F.O.D.A., da qual resultou a palavra foda.

Por sua vez, quem fosse solteiro e estivesse há muito tempo em abstinência, tinha que ter à porta da sua casa a frase Processo Unilateral de Normalização Hormonal por Estimulação Tática  Autoinduzida. Daí a sigla P.U.N.H.E.T.A.

Pode-se até dizer palavrão, mas com cultura o nível é outro. Votos de um excelente fim de semana, se for o caso. Começo hoje um trabalho -  reforço de Natal - numa grande superfície comercial. Quero só ver como vou adaptar-me a trabalhar da meia-noite às nove da manhã. Se não tiveres novas minhas nos próximos dias, já sabes…

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Renato Peixe a 21.10.2016 às 17:32

Olá.

Lamento desiludir-te mas as origens não são essas. «punheta» vem de «punho», enquanto que «foda» é o substantivo correspondente a «foder» que, por sua vez, provém do latim.

Relativamente ao inglês «fuck», a origem também não é a que referiste, como podes consultar no Wiktionary:

https://en.wiktionary.org/wiki/fuck#Etymology

Essas siglas são apenas brincadeiras.
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 21.10.2016 às 19:13

Agradeço a correção. Admito que não confirmei a informação. Como disse, o texto foi-me enviado por uma amiga.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D