Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


28966272-B496-44AA-A453-2177711BB0A6.pngOra viva ✌️!

Em compasso de espera para a aula de inglês, acredito ter tempo para por-te a par da tal nova funcionalidade amorosa sobre a qual falei na passada sexta-feira. Coincidência ou não, poucas horas após ter publicado o post, eis que me deparo com o tal separador Encontros na minha app. Num frenesim para explorá-lo, não hesitei em seguir todos os passos, começando pelo típico questionário - tão mais do mesmo das apps de engate - e terminando com as fotografias mais estilosas.

Uma vez concluído o processo, sou informada de que de momento não existiam perfis para mostrar, uma vez que a funcionalidade tinha acabado de estar disponível.
Ser pioneiro tem destas coisas: temos que esperar pela chegada dos outros, cada um a seu tempo e ritmo. Assim, andei eu expectante durante todo o fim de semana, à espera de ser notificada sobre potenciais pretendentes. O que não aconteceu, vou logo adiantando.

Há instantes, ao abrir o separador para fazer o print screen, reparei que já tenho uma dúzias deles, o primeiro de nome Jean Ricardo. Mereço?! Dado que só me restam 20 minutos para acabar de escrever esta crónica, a exploração dos seus perfis terá de ser adiada para a calada da noite, quando nada mais houver para ocupar o meu tempo.


A par de nos ajudar a encontrar o amor, parece que o Facebook também abraçou a missão de nos aproximar daqueles que nos estão fisicamente próximos. Como poderás constatar na imagem acima, existe igualmente um outro separador intitulado Amigos nas Proximidades. A esse ainda não aderi, já que demanda que altere as minhas definições, de modo a ser possível partilhar a minha localização. Dado que sou muito ciosa da minha privacidade, para depois deixei a exploração desta segunda novidade de uma rede social que anda a reinventar-se a toda a força, na tentativa de controlar a evasão dos utilizadores mais jovens.

Da parte que me toca, estou bastante agradada com todas estas novas funcionalidades, assumo. Se a isso acrescentar o facto de ser totalmente gratuito, tudo o que vier será lucro.


Por ora é tudo, que a aula já começou e prestar atenção é imperativo. Retomarei o assunto mal tenha novidades, que a cada swipe à esquerda parece condenar ao fracasso as minhas possibilidades de sucesso. Just a feeling... 😉

Aquele abraço 🤗 amigo de sempre!

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De Lost a 02.11.2020 às 18:25

Funciona bem?
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 02.11.2020 às 18:58

A verdade nua e crua? É o Tinder dos pobres 👎
Imagem de perfil

De Lost a 02.11.2020 às 19:19

Txi... Então não é vantajoso..

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D