Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


A1CBA140-6F66-4232-8D70-793C20D49853.jpegOra viva! 🍀

Que tal retomarmos o assunto do post de 25 de junho, no qual dei-te conhecimento de algumas dicas para atrair coisas boas? Na altura partilhei nove delas, ficando a faltar umas quantas outras. Hoje, primeiro dia útil da última semana de julho - e já em contagem decrescente para a habitual pausa de verão - parece-me um ótimo dia para reforçar o tema, já que sorte, abundância e prosperidade nunca são demais. Vamos lá então a elas:

O dinheiro é um meio e não um fim

O dinheiro é uma energia, pelo que devemos apreciá-lo e aceitá-lo com toda a naturalidade. Com a minha guia espiritual aprendi que não há qualquer problema em gostar de dinheiro, salvaguardando o facto de que ele é que nos deve servir e não o contrário. Por isso, o meu conselho é que o encares como um meio que te permite ter acesso a coisas e experiências, e não um fim do qual podes tornar-te um escravo.

Gastar com responsabilidade
Nunca é demais lembrar que os gastos devem ser feitos com responsabilidade, ou seja, que só devemos gastar o que temos. É por isso que não tenho cartão de crédito, muito menos empréstimo bancário. Evitar gastos supérfluos e desnecessários é uma ótima estratégia para termos sempre dinheiro para o que realmente interesse e compensa. No meu caso particular, quando bate a tentação, faço a seguinte pergunta: "Precisas ou queres?" Se preciso, compro; se quero, repenso. Outra coisa que aprendi em relação ao dinheiro é que atualmente prefiro usá-lo para ter acesso a experiências (viagens, estadias e restaurantes) e não tanto a bens.

Investir em criptomoedas

Um dos negócios do presente, e mais ainda do futuro, são as moedas virtuais. Em dezembro de 2018, investi parte do meu subsídio de Natal na compra de criptomoedas, as quais renderam-me um bom lucro. Infelizmente, por falta de uma cultura financeira elucidativa, investi uma quantia modesta, para eterno arrependimento meu. Meses atrás, voltei à carga, mas o retorno está aquém da primeira aventura. Atenta estou eu a novas oportunidades, pois não tenho dúvidas de que as moedas virtuais são incontornáveis.

Menos reclamação, mais ação
Por ter sido assim em tempos idos, sinto-me perfeitamente à vontade para opinar sobre este ponto. Reclamar a torto e a direito, além de maçador para quem convive conosco, é pura perda de tempo. Pessoas que estão sempre se queixando são tóxicas e pouco propensas a procurar soluções para os seus problemas, daí que recomende que se lamente o que tiver que ser lamentado, sem ir mais além. Quando paramos de nos concentrar no que não nos corre de feição para passar a focar no que podemos fazer para melhor ou atenuar a situação, coisas boas começam a chegar até nós.

Generosidade sim
Esta é uma das mais preciosas dicas que te poderei alguma vez dar. A generosidade atrai generosidade. Com isso quero dizer que quando damos, invariavelmente, recebemos de volta. Ajudar monetariamente alguém precisado é uma das formas mais eficazes para atrair abundância para nós. Mesmo que a pessoa que ajudámos não nos retribua na mesma moeda (coisa que acontece na maioria das vezes), a vida encarrega-se de nos compensar. Lembra-te: é dando que se recebe.

Gratidão sempre
Outra postura que aprendi com a exploração da espiritualidade é que a gratidão é uma via verde para a abundância. Quando agradecemos o universo dá-nos mais motivos para tal, tornando-se num dos poucos círculos viciosos desejáveis à nossa existência. Ser grato funciona como um imã para atrair acontecimentos auspiciosos e pessoas incríveis. Quando ativei essa energia, pequenos milagres tornaram-se presença constante no meu dia a dia.

Ser rico é (também) uma questão de atitude
Pensa como um rico mas age como um pobre, ou seja, gasta somente naquilo que for realmente relevante. Isto remete para o ponto 3 deste texto, no qual chamei a atenção para gastos supérfluos, logo desnecessários. Quem gasta de forma compulsiva e em quinquilharias dificilmente conseguirá conhecer a abundância e a prosperidade, e nisso os ricos self-made têm muito para nos ensinar. Por saberem bem o quanto lhes custou chegar ao topo, eles escolhem muito bem aonde gastar o seu dinheiro, e melhor ainda, aonde investi-lo. Recomendo a leitura de livros sobre a vida de umas quantas individualidades como Tony Robbins, Benjamin Franklin, Arthur Ryan (fundador da Primark), Ingvar Kamprad (fundador da Ikea), Elon Musk (fundador da Tesla) ou Jack Ma (dono da Alibaba), só para citar os mais célebres.

Pensar positivo
Somos aquilo que pensamos, sentimos e proferimos, e isso não é uma mera frase feita. Os pensamentos têm um poder extraordinário na nossa vida, motivo pelo qual devemos escolhê-los com cuidado, e carinho. Eu sou a prova viva disso que acabei de escrever, como já tantas vezes aqui partilhei. A esta altura da minha vida só reconheço uma única ambição de que não estou certa de ser capaz de alcançar, precisamente porque (ainda) não consegui canalizar os meus pensamentos a esse favor. Com a força do pensamento positivo, lá chegarei.

Qualidade ao invés de quantidade
Para o fim deixei a seletividade, um fator decisivo no que toca à sorte, abundância e prosperidade. Com o tempo aprendi que a qualidade vale bem mais do que a quantidade, aplicando-se este mesmo princípio a qualquer esfera da nossa vida, sejam elas pessoais, amorosas ou comerciais. No que toca ao dinheiro, devemos comprar menos vezes, mas bens que duram mais tempo. Ao invés de uma dúzia de malas baratas, prefiro ter duas ou três, de qualidade superior, capazes de durar anos ou até décadas.

E assim dou por concluída a minha missão transmitir, a ti e quem mais se interessar, as minhas dicas e atitudes para atrair mais sorte, abundância e prosperidade. Conto que faças bom uso delas. Um beijo, um abraço e um até quarta!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D