Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


04
Jul16

Datexit: date quê?

por Sara Sarowsky

Blind-Date-212.jpgDado que estes dias a terminologia "xit" anda nas bocas do mundo - é brexit para aqui, mexit pra acolá, nexit pelo meio - e como gosto de estar a par do que acontece no mundo (convém!), o artigo de hoje é precisamente sobre "xit". Se bem que noutros moldes.

Refiro-me a "datexit", uma expressão recém-saída da minha prodigiosa imaginação para designar o cartão vermelho que se dá a uma pessoa depois de um encontro (dating), pelo simples facto desta ter demorado a dar feedback. Confusa? Não fiques, que já explico.

Há dias, saí com um pretendente (que conheci numa dessas aplicações da rede sobre o qual volta e meia escrevo sobre). A meu ver, a coisa até correu bem, mas o fulano só deu feedback seis dias depois. Seis dias!

Há muito que estabeleci um deadline a esse respeito: 48 horas é o tempo máximo que dou a um fulano que me pede o número de telefone, ou com quem tive um encontro, para reagir. Ultrapassado esse tempo, simplesmente não quero mais saber da pessoa.

É a isso que apelidei de "datexit". E dado que "xit" pede referendo, este artigo mais não é do que uma consulta popular, neste caso, "blogar". Trocando por miúdos, gostava da tua opinião sobre o assunto: tens um timing para esse tipo de cena? Se sim, qual? Quanto tempo achas que deve demorar a reagir alguém que se mostra interessado em nós?

O meu intuito, ao fazer-te esta consulta, é de saber se sou demasiado radical ao conceder (apenas) dois dias aos candidatos a alguma coisa para formalizar o seu interesse na minha pessoa. Ajuda-me, please! Quem sabe ainda não vou a tempo de resgatar o gajo a quem acabo de sentenciar com um silencioso "datexit".

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 04.07.2016 às 16:02

Porque não sair uma segunda vez e depois fazer com que o assunto da demora da resposta venha ao de cima.
Até pode existir uma razão válida! ou não! mas ao menos mata a curiosidade!
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 04.07.2016 às 16:12

Sábio conselho. Mas continuo sem saber se também tens o teu deadline.
Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 04.07.2016 às 16:36

Nunca andei nestas modernices de apps, e homem que é homem nunca pensa muito nessa coisa de tempos, ou seja, se responderem ou corresponderem tá tudo bem, caso tenha passado um dia ou um ano ( o homem não é um ser esquisito, na perspetiva de vir a acontecer alguma coisa)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D