Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


84228472_1310632769139903_7524367280470228992_n.jp

Viva!

O tal curso de coaching espiritual de que te falei no último post foi tão intenso que passei os últimos três dias adoentada; logo eu que raramente padeço de qualquer enfermidade. Não é por acaso que se diz que quando a alma padece, o corpo é que paga. No meu caso particular, pela intensidade dos sintomas pós-cura, a minha alma deveria estar em agonia.

O mal-estar dos últimos dias foi de tal modo que cheguei a temer que a cabeça e a coluna - as partes mais vulneráveis do meu corpo - simplesmente estilhassassem, tal e qual um espelho que já não é capaz de suportar uma brutal e desconhecida pressão interna. Para além disso, tive a garganta completamente tapada e uma dor generalizada por todo o corpo, como se um rolo compressor me tivesse passado por cima. Segunda-feira arrastei-me penosamente até ao trabalho, mas vi-me obrigada a voltar para casa, pois mal conseguia suster-me em pé. Hoje, já me sinto bastante melhor: a pressão na cabeça vai-se esvaíndo, as dores desaparecendo e o peito descomprimindo. O que mais me aflige neste momento é a tosse, que não há forma de me dar trégua.

Apesar de todo este quadro clínico que acabei de descrever, estou muito grata, e orgulhosa, por passar por tal experiência, prova inequívoca de que, através do meu corpo, o meu espírito está a expulsar sentimentos, memórias, bloqueios e vivências que já não fazem sentido continuar cá dentro. 
Foi uma experiência tão reveladora, tão transformadora, tão impactante, que deixo para contar de viva voz num podcast que divulgarei no momento oportuno.

Entre as inúmeras aprendizagens, que referirei a seu tempo, o curso permitiu-me o privilégio de presenciar acontecimentos absolutamente incríveis. Restabelecer, digerir, analisar, reformatar e ativar uma nova forma de encarar (e viver) a vida são as palavras de ordem neste momento. Mesmo combalida, não tenho qualquer dúvida em reconhecer o quão positivo está sendo este processo de cura espiritual: limpei a alma, alinhei os chacras, conheci pessoas maravilhosas e resgatei uma parte de mim que temia ter-se perdido para sempre. É-me cada vez mais inquestionável que o caminho da felicidade não pode estar dissociado do bem-estar espiritual, a par do físico e do mental.

Voltarei amanhã com o testemunho de um colega do tal curso, nobre alma que, não obstante o limitado tempo de que dispõe, aceitou o meu convite para ser o padrinho deste blog. O ano mal começou e o AS já ganhou um padrasto e um padrinho. Há coisas fantásticas, não há?

Como diz a minha guru espiritual, a iluminada Isabel Soares dos Santos, quando abrimos o espírito à luz, a magia acontece e os sinais surgem a toda a hora, e das mais diversas e inesperadas formas. Só temos que abrir o coração e deixá-la entrar.

Aquele abraço amigo tão nosso, hoje mais sublime do que nunca!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D