Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


24
Set21

woman-1545885_1920.jpgOra viva! ✌️ 

Nesta sexta-feira, a última do mês de setembro, resolvi tirar o dia para ir à praia, naquela que será a primeira do ano em águas lusas. Enquanto aguardo que o sol dê o ar da sua graça (e vai dar), eis-me aqui para um olá de alegria e aquele bate-papo gostoso, como dizem os nossos manos do outro lado do Atlântico.

Dado que a cabeça só quer saber de sol, areia e água salgada, ou seja, do tal dolce fare niente que tão bem faz à alma, proponho para hoje um tema light, mas nem por isso irelevante: a autocrítica exacerbada. Quanto a ti não sei, mas eu sempre fui uma espécie de carrasca da minha própria pessoa, exigindo em demasia e autocriticando sem dó nem piedade.

Agora, às quatro décadas de vida, é-me evidente que é o pior que posso fazer, já que com essa atitude boicoto o meu bem-estar emocional/psíquico e autoinflinjo um sofrimento desnecessário. Se também tu tens tendência para tal comportamento, este artigo vai ajudar-te a ter uma noção mais concreta do quão prejudicial podes estar a ser para ti mesma.

Num artigo para o site Psychology Today, a psicóloga Alice Boyes dá nota de alguns sinais de que precisamos reforçar a nossa dose de autocompaixão. Anota aí meu bem:
- Martirizas-te por causa de erros que têm consequências mínimas;
- Continuas a criticar-te, mesmo depois de teres corrigido o erro;
- O self-care cai constantemente na tua lista de coisas a fazer, dando lugar a outras prioridades;
- Quando alguém te trata mal, encontras uma forma de interpretar as coisas como se a culpa fosse tua;
- Sentes que és um fracasso, apesar de teres praticamente todos os campos da tua vida em ordem;
- És compreensiva com os erros de todos, menos com os teus.

Penso que mais esclarecedor não poderia ter sido esta crónica, daí que te deixe a interiorizar sobre o que acabaste de ler, enquanto eu vou aí dar um toque ao São Pedro, a ver se ele se despacha, que o dia já leva mais de dez horas em cima e sol que é bom nada. Bom fim de semana e até segunda!

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.09.2021 às 10:29

Bom dia Sara.
Acabas de fazer uma descrição da minha pessoa...
O pior é que tenho inteira noção disso 😔
Bon week-end à toi
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 25.09.2021 às 23:22

Reconhecer já é um primeiro passo, agora é trabalhar isso 😉💪🏻
Imagem de perfil

De bii yue a 25.09.2021 às 22:56

como a reflexão é importante, para darmos a nós mesmas o que damos aos outros
Imagem de perfil

De Sara Sarowsky a 25.09.2021 às 23:23

Grande verdade meu bem, pena que não nos lembremos disso com a devida frequência 😉😘

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D