Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas, contos e confissões de uma solteira gira e bem resolvida que não cumpriu o papel para o qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar pulos de alegria? Provavelmente, nem uma coisa nem outra!


Cartaz_Live2.jpgOra viva! ✌️ 

Como referi no post anterior, os diretos no Instagram da semana passada correram lindamente. Tanto assim é que este sábado volto à carga com a segunda do ciclo de lives Saturday Single Spot, através do qual pretendo debater os temas mais interessantes da solteirice, e não só.

Desta vez, o tema em foco será 'Sexo sem amor ou amor sem sexo'. Já perdi a conta de homens que desabafam comigo sobre o quanto a falta de uma vida sexual ativa com a sua parceira condiciona - muitas vezes condenando ao fracasso - o seu relacionamento. É, pois, hora de esmiuçarmos esta questão e perceber até que ponto cada uma dessas condições interfere com uma relação amorosa.

É possível uma relação sobreviver ao jejum sexual prolongado? Até que ponto o sexo sem sentimento, ou seja, sem amor, é satisfatório? Entre o sexo e o amor, qual escolherias? O amor é mais importante que o sexo, ou será mais o contrário? Qual o peso do sexo na felicidade do casal? Eis alguns dos pontos que pretendo abordar nesta live, na qual tinha intenção de partilhar o tempo de antena com uma convidada. Infelizmente, acredito que pelo modesto número de seguidores nas minhas redes sociais, nenhuma das duas sexólogas, as que mais estão a bombar neste momento, dignaram-se a reagir às minhas (inúmeras) tentativas de contacto. Paciência!

Sendo assim, convido-te a dividir o protagonismo desta live comigo, ou seja, a participares e expores o teu ponto de vista. Para tal, só terás que aceder ao @stillsingleblog amanhã, às 22 horas locais (21 em Cabo Verde) e pedir para aderir. Nunca me deixaste na mão, portanto, não vai ser agora, pois não? Conto contigo!

Aquele abraço amigo e até amanhã. Até lá, stay cool, stay safe, stay at home!

Autoria e outros dados (tags, etc)

couple-1822497_1920.jpgOra viva! ✌️ 

Um artigo da NiT inspirou-me a desviar o rumo desta crónica, com a qual pretendia fazer-te um balanço das lives de sábado e domingo, as quais - vou já adiantando - foram interessantíssimas. Tanto assim é que este sábado, 6 de fevereiro, haverá uma nova, desta feita sobre este intrincado dilema: sexo sem amor ou amor sem sexo? Que venha a libido e escolha! 😉

Sobre isso falarei no próximo post, por ora deixa-me dar-te conhecimento do resultado de um inquérito sobre as aspirações sexuais dos portugueses. A pandemia confinou de forma indelével, e irrecuperável, a vida amorosa dos solteiros, disso estamos nós cientes até mais não. As hipóteses de emparelhamento ficaram reduzidas à saudade, e nem mesmo a aplicações de encontro têm conseguido fintar os constrangimentos impostos pela dificuldade e/ou impossibilidade do contacto físico.

Na expectativa de perceber o impacto de toda esta situação na vida amorosa dos seus utilizadores, o Second Love levou a cabo, em dezembro de 2020, um inquérito junto de uma amostra de 600 pessoas, entre homens e mulheres. Os resultados mostraram que 56% admitiu o aumento do desejo de viver uma aventura. Curiosamente, sobre o primeiro confinamento (de março e abril de 2020), 65% assumiu não ter tido videochamadas, sexting, sexo virtual ou encontros românticos virtuais. Tendo em conta que a clientela deste site são criaturas "amarradas" não é de se estranhar que assim seja, pois fechadas em casa com as suas caras-metades teriam lá chances de protagonizar escapadelas (ainda que virtuais).


Ao que tudo indica a esperança dos inquiridos, e de toda a nação global, encontra-se neste momento à mercê da evolução desta maldita doença. Dado que ninguém sabe precisar quando vai ela dar-nos dar uma trégua, o Love for You, o meu novel serviço de matching, vai bombar nos próximos tempos. Ai não? 😉

Aquele abraço amigo só nosso!

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Fev21

143534840_1622186314651212_902496468061010134_o.jpOra viva!

Fevereiro chegou, auspiciando dias (ainda mais) exigentes, aos quais desejamos estar à altura, mais não seja em nome da sanidade física e mental. É, pois, o momento para recarregar, para os próximos 28 dias, a bateria da esperança, sentimento tão essencial nos tempos que correm.

Deixo-te então com as previsões da guia espiritual Isabel Soares dos Santos para este segundo mês do ano 2021, cuja carta é Guidance, que significa Orientação, o que por si só já diz tudo.

Janeiro já passou. Há que respirar fundo e agradecer por termos sobrevivido a mais um mês desafiante. Agora é tempo de abrir os braços à nossa intuição e aprendermos de uma vez por todas a seguir o caminho do coração.

Fevereiro vai continuar a ser bastante desafiante, energeticamente falando, mas faz parte da nossa evolução enquanto alma e enquanto humanidade, aprendermos a encontrar as nossas certezas absolutas no meio das incertezas que a cada dia vão surgindo. Por isso, o que deves fazer durante este mês:
❣️arranjar rotinas saudáveis da tua mente que te ajudem a entrar em contacto com a tua intuição;
❣️aprender a olhar para dentro, aceitar as tuas dores com amor;
❣️descansar o mais possível e dormir pelo menos 8 horas por dia;
❣️fazer uma alimentação saudável e beber muita água;
❣️ter uma prática regular de exercício físico (existem imensas pessoas a oferecer aulas online);
❣️aprender a ouvir a voz do coração. O teu coração vai levar-te a escolher o que é melhor para ti. Confia!
 
Desejo-vos um mês maravilhoso, em que o amor, a compaixão e a gratidão façam parte de todos os dias da vossa vida.

Abraço de Amor,
Isabel ❤️

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Melhor Blog 2020 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2019 Sexo e Diário Íntimo


Melhor Blog 2018 Sexualidade





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D