Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


21
Mar16

shutterstock_160131242-636x370.jpg

 
De acordo com o Volta ao Mundo, viajar torna-nos mais atraentes aos olhos dos outros. Para sustentar esta teoria a revista apresenta seis razões:
 
1. Mais bondade
Por, não poucas vezes, se deparam com realidades bastante diferentes, muitas delas dramáticas até, ou então por sentirem-se mais vulneráveis devido ao facto de estarem fora do seu ambiente familiar, os viajantes costumam demonstrar maior preocupação com o próximo e maior interesse em ajudar, E uma pessoa boa é sempre vista com melhores olhos do que um qualquer insensível que só quer saber de si.
 
2. Inveja branca
A meio de uma conversa, nada como largar algumas bombas como "amor e uma cabana nas ilhas Virgens" ou "aventura nos Himalaias" para chamar à atenção e assumir o comando da conversa. A inveja, quando boa, pode ser um poderoso afrodisíaco...e despertar admiração.
 
3. Bronze fora de época
Em pleno inverno, regressar ao trabalho com aquele ar de recém-chegado dos trópicos dá sempre nas vistas e azo a elogios inesperados. E tema para muita conversa.
 
4. Histórias interessantes para contar
Seja de locais únicos, de momentos inesquecíveis, de peripécias mirabolantes ou de aventuras fascinantes. A verdade é que toda a gente gosta de ouvir uma boa história. Desde que bem contada, sem exageros e gabarolices.
 
5. Novos idiomas
Ou, pelo menos, algumas palavras que podem servir de isco para uma conversa mais proveitosa. Um elogio em francês ou em italiano faz milagres num serão entre amigos e conhecidos.
 
6. Mais felicidade
Ser feliz faz bem à pele, está cientificamente comprovado. Se a pele está boa, o aspeto exterior será com certeza mais agradável para os outros.
 
Vontade de fazer já a mala e partir à conquista do mundo? Não és a única, acredita! Se pudesse passaria o tempo todo à descoberta de novos países, novas culturas, novas gentes, novos amores, novas estórias, novas experiências, novos tudo. Não é por acaso que sou sagitariana.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D