Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida, na casa dos 30, que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


04
Abr16

12189962_1072671412752808_7563561713519459629_n

 

Hoje deixo-te com este contributo da querida Jazinha.

Acho que todo mundo deveria ter o direito de ter um lugar para sonhar.

Um lugar para conhecer, finalmente, profundamente.

Um lugar para onde correr quando é preciso pensar em como arrumar a bagunça que se tornou a nossa vida. Um lugar para voltar quando é preciso recomeçar.

Um lugar para se sentir invencível.

Todo mundo deveria ter um lugar onde se sente amado.

Onde encontra o amor.

Onde ama tão verdadeiramente que todo o resto parece menor, menos o lugar.

Um lugar para se sentir completo.

Um lugar para andar de mãos dadas e sorrir de dentro para fora.

Um lugar para se lembrar de tudo isso.
Todo mundo deveria ter uma Lisboa.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 04.04.2016 às 12:36

Nem mais! =)
Imagem de perfil

De LegoLuna a 04.04.2016 às 14:02

Lisboa, a cidade que a todos encanta.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D