Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida, na casa dos 30, que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!

20
Nov15

HTB1pe2fHpXXXXceXFXXq6xXFXXX7.jpg

 

Com que então em terras lusas comemora-se hoje, 20 de novembro, o Dia Nacional do Pijama. Confesso que esta é uma novidade para mim, e se não fosse uma amiga ter-me dito isso há pouco no ginásio continuaria na minha santa ignorância.

 

A efeméride até é louvável, já é um dia em que as crianças pequenas lembram, anualmente, a todos que "uma criança tem direito a crescer numa família". Neste contexto, o desafio é as pequenas criaturas irem vestidas de pijama para a escola e passarem, assim, o dia, em atividades educativas e divertida até regressarem a casa.

 

Já agora porque não instituir também um dia para o corno, para a encalhada, para o incompetente, para o azarado e por aí adiante? Não me entendas mal, que eu não tenho nada contra esta peça de roupa chamada pijama. Se bem que não seja um artigo que diga muito à minha pessoa, já que prifiro dormir au naturel.

 

E você meu bem, é adepta desta peça de roupa? Se sim, qual a sua preferida? Eu, quando tenho mesmo que usar (há alturas em que não é uma questão de opção) gosto dele em cetim ou seda, de preferência vermelho ou preto, num mais que óbvio convite à luxúria.

 

Que tal um festinha de pijama para aqueles de nós que tiverem companhia? Fica a dica!

Autoria e outros dados (tags, etc)

vinho-tinto.jpg

 

Que o vinho é bom já a humanidade descobriu há muito (por algum motivo é chamado o néctar dos deuses). Que ele inebria, envolve e confere um sabor especial a uma refeição, também. Que é uma presença amiga em cenários de requinte, luxúria, sedução, romance, relax e diversão, sem dúvida!

 

Agora vem a Universidade de Alberta, no Canadá, dar-nos mais um argumento de peso a favor do consumo (moderado) desta bebida. De acordo com um estudo por eles realizado, uma taça da variante tinto todos os dias (sobretudo ao jantar), além de fazer bem ao coração e à saúde no geral, equivale a 30 minutos de exercícios físicos. Este efeito é causado por uma substância chamada resveratrol, conhecida por beneficiar o sistema circulatório, podendo também ajudar na prevenção de doenças como o Alzheimer. A pesquisa releva ainda que o efeito ajuda a prevenir o envelhecimento precoce dos músculos, e aumenta a densidade óssea assim como melhora a circulação sanguínea.

 

Esta tese só vem reforçar os resultados obtidos por universidades como o The University of New South Wales, na Austrália, e o Harvard, que também já haviam associado o vinho à nossa longevidade.

 

Como uma adepta assumida do exercício físico praticado à moda antiga, à custa de muito súor, músculos doridos e uma motivação feroz, não é minha intenção substituir o ginásio por uma taça de vinho, mas sim combinar as duas coisas, por forma a minimizar tanto quanto possível o impacto da idade na minha beleza, saúde e bem-estar.

 

Proponho um brinde a este néctar divino, que ele bem merece. Salut!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D