Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida, na casa dos 30, que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!

atividade-física-ideal.jpg

 

Na na na, não é nada disso que estás pensando, por isso não me venhas com ideias (sim, eu sei o que pensaste!). A resposta é atividade física, meu bem. Uma prática amada por uns, idolatrada por outros, tolerada por uns quantos, odiada por outros tantos e banida pelos restantes.

 

Goste-se ou não, praticante ativo ou passivo ou simplesmente adepto de hábitos de vida saudáveis, a verdade é que exercitar-se provoca surpreendentes efeitos no cérebro. E não sou (só) eu que o digo, mas também John Ratey, investigador de Harvard, que, em 2015, em pleno seminário MIT Media Lab Wellbeing, descreveu três desses feitos. Assim, o exercício físico torna as pessoas:

 

1. Mais inteligentes. Para o provar, o investigador recorreu a um estudo sueco que analisou 1,2 milhões de jovens de 15 anos praticantes do fitness ao nível do QI e depois, mais tarde, quando iniciam o serviço militar obrigatório. Os resultados não deixam margem para dúvidas: estes jovens estão mais aptos do que os que nunca fizeram exercício físico. "Estudos mostram-nos que, quando fazemos exercício, o nosso cérebro melhora em cerca de 7%", disse Ratey.

 

2. Mais felizes. "O exercício é como tomar um pouco de Prozac e um pouco de Ritalina", considera este psiquiatra, frisando que, assim como drogas como o Zoloft, o exercício aumenta a quantidade de neurotransmissores no cérebro.

 

3. Menos stressadas. O exercício físico acelera o processo incrível de neurogénese, ou seja, a criação de novas células cerebrais. Fazer meditação, aprender algo novo ou dar uma boa gargalhada ajuda a fazer nascer novas células, mas o exercício é (ainda) o melhor remédio, defende Ratey.

 

Bom, já que está cientificamente provado que mexer-se afeta positivamente o cérebro, levanta-me mas é esses glúteos do sofá e prepara-te para dares tarefa a esse corpinho que é teu, e que, portanto, merece o melhor. E o melhor é tê-lo bonito, saudável e de preferência hot, para deixar a mulherada roxa de inveja e os machos encarnados de luxúria.

 

E com esta retiro-me para o ginásio, que hoje é dia de zumba na caneca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

vinho-tinto.jpg

 

Que o vinho é bom já a humanidade descobriu há muito (por algum motivo é chamado o néctar dos deuses). Que ele inebria, envolve e confere um sabor especial a uma refeição, também. Que é uma presença amiga em cenários de requinte, luxúria, sedução, romance, relax e diversão, sem dúvida!

 

Agora vem a Universidade de Alberta, no Canadá, dar-nos mais um argumento de peso a favor do consumo (moderado) desta bebida. De acordo com um estudo por eles realizado, uma taça da variante tinto todos os dias (sobretudo ao jantar), além de fazer bem ao coração e à saúde no geral, equivale a 30 minutos de exercícios físicos. Este efeito é causado por uma substância chamada resveratrol, conhecida por beneficiar o sistema circulatório, podendo também ajudar na prevenção de doenças como o Alzheimer. A pesquisa releva ainda que o efeito ajuda a prevenir o envelhecimento precoce dos músculos, e aumenta a densidade óssea assim como melhora a circulação sanguínea.

 

Esta tese só vem reforçar os resultados obtidos por universidades como o The University of New South Wales, na Austrália, e o Harvard, que também já haviam associado o vinho à nossa longevidade.

 

Como uma adepta assumida do exercício físico praticado à moda antiga, à custa de muito súor, músculos doridos e uma motivação feroz, não é minha intenção substituir o ginásio por uma taça de vinho, mas sim combinar as duas coisas, por forma a minimizar tanto quanto possível o impacto da idade na minha beleza, saúde e bem-estar.

 

Proponho um brinde a este néctar divino, que ele bem merece. Salut!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D