Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida, na casa dos 30, que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


08
Jun16

Somos o que pensamos

por LegoLuna

pensar-en-positivo.jpg

 

É comum permitirmos que os pensamentos negativos tomem de assalto o nosso pensamento, o que acaba por originar em nós sentimentos pouco felizes. Saber controlar os pensamentos, ou, pelo menos, saber dar-lhes um melhor uso, torna-se imperativo se queremos ter uma vida mais feliz e harmoniosa.

 

O segredo reside em saber armazenar, partilhar, modificar ou até mesmo esquecer muitos pensamentos. Para tal, devemos começar por reconhecer quais os momentos que têm impacto negativo na construção do nosso pensamento, para que, posteriormente, possamos contorná-los, ou até mesmo evitá-los. Só assim iremos tornar-nos numa pessoa mais forte e com mais capacidade de controlar o que pensamos. Deixo-te com algumas sugestões para conseguires gerir os pensamentos a teu favor.

 

Deixar-se abater não é solução

Deves perguntar à tua própria pessoa se compensa sentir-se deprimida ou magoada e avaliar as razões de estar assim. Ao avaliares isso, estarás ao mesmo tempo a ver a situação com mais clareza e objetividade, o que te vai permitir minimizar os teus pensamentos em relação ao assunto.

 

Só tu podes decidir os teus pensamentos

Quando estiveres a dar importância a um determinado pensamento, convém analisares bem a situação, de modo a confirmar se este pensamento é realmente verdadeiro ou pouco revelante. Como gosto de frisar as coisas só têm a importância que nós lhes damos. Portanto, relativiza os acontecimentos o mais que puderes.

 

O caminho é para a frente

Não nego. Existem situações na vida que nos paralisam, de tal forma que, por vezes, deixamos de dormir, sair, conviver ou até mesmo fazer as atividades do nosso quotidiano. Não obstante isso, o importante é seguir em frente. Na vida, tudo passa, inclusive as coisas más. Se vai acabar por passar mesmo, de que adianta estar a sofrer por isso?

 

Manipula a forma de pensar a teu favor

Todos nós temos coisas que desencadeiam os maus pensamentos, levando a consequentes reações negativas e impulsivas. É necessário ter a consciência de quais são as que desencadeiam em nós esses pensamentos para que possamos, de alguma forma, evitá-los.

 

Somos o que pensamos, ponto final! Logo, escolhe pensar positivo. Pensar positivo é a chave que abre a porta de uma vida mais positiva. E essa porta só pode ser aberta por nós. Portanto, controlando o que pensamos, automaticamente controlamos o que sentimos e por tabela como vivemos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D