Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


26
Jan16

509017.jpg

 

Na sequência das reações que o post Crónicas de uma desempregada: episódio 5 suscitou, onde foi consensual que quem está sem trabalho deve aproveitar o tempo disponível para investir, sobretudo, em formação, não posso deixar de partilhar esta lista com os 10 melhores sites de aprendizagem, elaborada por Miguel Figueiredo, CEO da Excentric Grey e docente na minha antiga faculdade (ESCS).

 

1. Coursera

O Coursera é uma plataforma que realiza parcerias com as melhores universidades e instituições de ensino em todo o mundo para oferecer cursos online para todos.

 

2. Lynda

Tem cursos em áreas mais técnicas e artísticas, como vídeo, fotografia, música, software e muitas outras atividades. São muito úteis para quem gosta de aprender e fazer em simultâneo.

 

3. Academic Earth

Tem como missão tornar o acesso à educação universal. Apresenta inúmeros cursos gratuitos, de algumas das melhores universidades do mundo. É um excelente complemento ao Coursera.

 

4. Khan Academy

A Khan Academy oferece exercícios e aulas em vídeo em áreas mais gerais como matemática, ciência, programação de computadores, história, história da arte, economia e muito mais. Excelente para qualquer idade, funciona sobretudo à voltas das parcerias que tem com a NASA, o Museu de Arte Moderna, a Academia de Ciências da Califórnia e o MIT, etc.

 

5. Udemy

Posiciona-se como um mercado online do ensino onde pessoas com algo para ensinar encontram-se com pessoas com algo para apreender. Conseguem com este método oferecer mais de 35.000 cursos, sobre os mais diversos temas. Aqui encontra-se de tudo e nem sempre a qualidade é a melhor. Mas graças ao sistema de avaliação, é razoavelmente fácil fugir dos cursos que não são bons.

 

6. Codecademy

É um site para se aprender código com duas particularidades: foi desenhado de raiz para tirar máximo partido dos suportes online e foi construído com os preciosos inputs de empresas como o Facebook.

 

7. Code

Também dedicado à programação, diferencia-se do codecademy por se dirigir às crianças.

 

8. Masterclass

Os cursos aqui disponíveis não são gratuitos e a oferta ainda muito reduzida, mas é possível aprender com os melhores. Os seus professores vão ser nada menos que Dustin Hoffman, James Patterson, Serena Williams e Annie Leibovitz, entre outros ilustres de igual craveira.

 

9. Youtube

Provavelmente estás habituada a olhar para o youtube como uma plataforma de entretenimento. Mas na verdade, encontra-se aqui de tudo, literalmente. Inclusivamente vídeos sobre como fazer, construir, dizer, preparar, melhorar... Pode ser um excelente ponto de partida para começares a saber algo mais sobre um determinado tema.

 

10. Itunes U

Tem o inconveniente de não integrar com sistema android, mas esta app, que também pode ser acedida diretamente via itunes, oferece uma variedade bastante grande de conteúdos de aprendizagem, sendo que nem todos são gratuitos.

 

E para quem prefere algo na língua materna, o eduke.me é uma excelente escolha.

 

A partir desta lista, desafio-te a partirmos à descoberta de um leque de novas oportunidades, novas valências e novas competências, que poderão traduzir-se, a curto prazo, em novas aprendizagens, e, a médio prazo, quiçá, em novos desafios profissionais.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Vitória a 26.01.2016 às 13:20

Por acaso o youtube que de inicio servia apenas para ouvir música actualmente é uma grande ferramenta, tem tudo, mesmo tudo, se quisermos aprender seja o que for, existe lá.
Imagem de perfil

De LegoLuna a 26.01.2016 às 14:44

Podes crer Vitória!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D