Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


gettyimages-683995385.jpg

Ora viva!

 

A semana costuma arrancar com resoluções de todo o tipo, algumas significativas, outras nem por isso. Uma das mais frequentes tem a ver com a prática do exercício físico, seja ela em versão indoor ou outdoor. Estou certa ou estou errada?

 

Nem sei como ainda me surpreendo com aquele fenómeno em que, mal o sol começa a assumir o comando do dia e a temperatura a escalar o termómetro, os ginásios tornam-se lugares altamente concorridos, autênticas tábuas de salvação daqueles que passaram o resto do ano na mais perfeita inércia física.

 

Numa corrida alucinada contra o tempo, em que o objetivo primeiro e último é a obtenção de um corpo minimamente decente à vista alheia, apela-se a (quase) tudo: dietas milagrosas, suplementos de toda a espécie, personal training, tudo que remeta para a palavra detox, horas e horas de treino, uma data de tratamentos estéticos e por aí fora.

 

O que me parece é que os adeptos desta forma de estar na vida – correr atrás do prejuízo aos 90 minutos do segundo tempo – denotam alguma dificuldade em assimilar que corpo de verão trabalha-se o ano todo. Mais importante ainda, esse mesmo corpo trabalha-se não só para a praia mas para o bem estar em geral.

 

Já está mais do que provado que a atividade física é o agente por excelência na prevenção de uma infinidade de maleitas, tanto físicas como psíquicas e emocionais. A prática regular (e sustentável) do exercício físico, aliada a uma alimentação saudável e equilibrada, assumem-se como os mais eficazes antídotos para uma das maiores ameaças ao bem estar do ser humano: o sedentarismo.

 

Sendo assim, exercitar-se deve ser um hábito, assim como comer, dormir e escovar os dentes. Perante tanta variedade de opções, perante ofertas de todo o tipo, parece-me que quem se recusa a dar tarefa ao corpo está, em última instância, a lixar-se para a sua saúde.

 

Meu bem, se for esse o teu caso, segue o conselho desta que te quer bem e mexe-te. Se não tanto pela beleza que seja pela saúde, o teu bem mais precioso, já que sem ela de nada te serve tudo o resto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 08.05.2017 às 15:53

Vai uma corridinha a beira rio?!
Imagem de perfil

De LegoLuna a 08.05.2017 às 17:29

É mesmo Pedro. Temos um jogging pendente. A minha dificuldade é meramente logística, ou seja, teria que levar uma data de coisas comigo. Tipo cartão de transporte, água, chaves, dinheiro.
Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 09.05.2017 às 13:20

Cheira-me( sniff sniff) a desculpas.

Não é preciso levar dinheiro para nada, ou esse jogging vem com bebida numa esplanada incluído?!
E o resto das coisas vão nos bolsos dos calções e a garrafa na mão ou nas bolsas de corrida.

Vá, vá lá ver essa agenda e pensar quando se pode correr!
Imagem de perfil

De LegoLuna a 09.05.2017 às 14:31

Dizes que são desculpas? Ora vamos lá: não tenho calções, e menos ainda com bolsos; dinheiro para algum imprevisto a meio do caminho, e bolsa para água não há. E agora, que me dizes?
Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 09.05.2017 às 14:35

Chaves e passe na mão (eu depois posso colocar na minha bolsa).
Nota de 5€ dentro das sapatilhas (vão ser os 5€ mas cheirosos do universo).
E por último eu posso fazer de aguadeiro!
Problema resolvido!
Imagem de perfil

De LegoLuna a 09.05.2017 às 15:02

A sentir-se encostada às cordas.
Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 09.05.2017 às 15:22

São Pedro! salvou-a das cordas nós próximos dias! :P
Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 09.05.2017 às 15:23

leia-se "nos" em vez de "nós".

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D