Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


ng3252675.jpg

 

A Forbes, com base no parecer do diretor do NeuroLeadership Institute e autor do livro 'Cérebro a trabalhar: Estratégias para ultrapassar distrações, recuperar a concentração e trabalhar todo o dia', David Rock, elaborou uma lista das sete experiências que o cérebro precisa de experimentar para que possa funcionar melhor.

 

1. Concentrar

Focarmo-nos num projeto é uma forma de pensar, pelo que este é um exercício fundamental para a nossa saúde mental.

 

2. Gerir o tempo

Para nós humanos é fundamental o relacionamento com os outros, daí que "estar isolado é duas vezes mais perigoso do que fumar". Para sermos mentalmente saudáveis, é necessária uma vida social para além do trabalho. Sendo assim, aprender a gerirmos o nosso tempo de forma a conseguirmos conciliar todos os aspetos da nossa vida é essencial.

 

3. Não fazer nada

Parece contraditório mas não é. Ler ou realizar uma tarefa banal, como lavar a loiça, permite que a mente viaje e reflita, o que, por sua vez, faz com que o nosso cérebro recupere e se concentre melhor.

 

4. Exercitar o pensamento

Fazer algo que nos permita pensar de forma profunda, como refletirmos sobre questões profundas com alguém ou meditarmos, permite ao cérebro reorganizar-se.

 

5. Divertir

Desfrutar de um tempo com os nossos amigos, ver uma comédia ou brincar com crianças são atividades divertidas que fazem com que o nosso cérebro relaxe e crie novas conexões.

 

6. Fazer exercício físico

Um estudo recente revelou que as pessoas são 23% mais produtivas nos dias que praticam atividade física. Quando nos exercitamos, ativamos regiões do cérebro que só são ativadas desta forma, o que permite que outras funções "descansem".

 

7. Dormir

Só descansar é pouco, é preciso dormir (bem) para que o cérebro se reorganize e consiga ser mais criativo. Perder uma noite de sono tem consequências a curto e médio prazo.

 

Depois desta, só me resta desejar-nos bons exercícios mentais, que o nosso cérebro há de agradecer com toda a certeza.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D