Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida, na casa dos 30, que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


0-02-04-6f385bf7b0ffd952c750a0c677618999c959f5832c

Ora viva!

 

Eu sei que quase uma semana se passou desde a última vez que nos falamos. Mas é que os últimos dias foram uma loucura. Arranjei um biscate como administrativa durante duas semanas, o que me exigia picar o ponto das nove às dezoito. Era um trabalho tão estressante, que ao final da jornada tinha a cabeça a explodir e o ânimo ligado a soro.

 

Como se não bastasse, andei uns dias a dormir em casa alheia, mais precisamente na de uma amiga que foi de férias e me pediu que olhasse pelas suas crias e assessorasse a empregada no que fosse preciso.

 

Dado que ela mora do outro lado da cidade, na hora de ir e voltar do trabalho, vi-me obrigada a apanhar transportes públicos em hora de ponta. Que horror! Em todos estes anos nesta terra, nunca tive que vivenciar o dia a dia do assalariado no que toca ao vai-vem diário. Sempre trabalhei ou ao pé de casa ou a partir de casa. Portanto rush hour é um conceito com o qual estou pouco familiarizada e do qual quero continuar à parte.

 

Agora que aquele trabalho findou e que a minha amiga voltou a assumir o comando da sua família, tudo volta a ser como antes: massagens à coluna, meditação às quartas, dedicação ao Ainda Solteira, energia para ginasticar, sono tranquilo e alegria de viver. Pode parecer ingratidão, mas afeiçoei-me tanto a esta minha rotina quotidiana, que tudo o que possa comprometê-la deixa-me mais desorientada que bobo da corte em noite de coroação real.

 

Tinha em mente abordar o tema das relações à distância, mas fica para outra ocasião, que já estou em cima da hora para a massagem. Amanhã há mais, conta com isso. Boa semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D