Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida, na casa dos 30, que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


11
Nov15

thumbs.sapo.pt.jpg

É do conhecimento geral da noção cibernética (e não só) que sou uma adepta confessa do exercíco físico, em primeira instância, e do bem-estar em geral, em segunda instância. E por isso mesmo, não me canso de incentivar aqueles de quem gosto a aderirem a esta prática, não somente por questões de beleza, tão sobejamente conhecidos e que tanto prezo, mas também pela saúde, o bem mais precioso que temos, imediatamente a seguir à vida.

 

Tudo isto para dizer que a publicação de hoje vem no sentido de frisar a importância de um estilo de vida são, já que é certo e sabido que o exercício físico é uma das fórmulas mais eficazes para uma vida mais longa e sustentável. Por nos proporcionar mais energia, esta prática faz com que vivamos mais tempo, fazendo dele um verdadeiro medicamento natural anti-envelhecimento e anti-doeças.

 

E fundamento essa teoria com base numa pesquisa recente, através da qual um grupo de investigadores estabeleceu uma relação entre a condição corporal e a cerebral. Através da análise de um grupo de homens com mais de 60 anos, constatou-se que os que praticam exercício físico apresentaram uma melhor capacidade mental do que os homens sedentários. Os cientistas ainda não sabem ao certo a justificação para este fenómeno, teorizam na possibilidade de que uma parte do cérebro deteriora-se com a idade.

 

O facto é que o estudo atesta que aqueles que praticam exercício físico conseguem conservar a parte saudável do cérebro durante mais tempo. A meu ver, isso faz com que possamos estar perante a melhor terapia anti-envelhecimento, para além de um look mais jovem, mas sobretudo uma mente mais ativa, mais jovem, mais dinâmica.

 

Convém é não esquecermos que não existem milagres, ou seja, para conseguirmos todos estes benefícios é fundamental apostar numa alimentação saudável, parte integrante de uma vida com mais qualidade e saúde.

 

Amiga, convencida ou são precisos mais posts sobre o assunto? Vemo-nos por aí, num ginásio qualquer da vida. Até lá nada de sedentarismo nem abuso de junk food!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D