Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


naom_56bb8d8555735.jpg

 

Assim, tal como milhares de mulheres portuguesas, A Gaja, segundo ela, tem de contar os tostões até ao fim do mês e, dentro dessa ginástica financeira, conseguir flexibilidade monetária para não parecer um ser das cavernas. Tendo em conta esse cenário, partilhou com os seguidores da sua página no Facebook os seus truques de beleza baratinhos – "que não foram patrocinados por nenhuma das marcas referidas". Eu, como ando sem tempo, nem cabeça (admito!) para criar seja o que for, apropriei-me do texto dela. Afinal, nunca é demais partilhar truques femininos para estarmos sempre lindas, maravilhosas e bem compostas.

 

1 - AMOSTRAS: seja para levar para o ginásio ou para ter em casa para uma emergência, as amostras de creme hidratante, champô ou perfume são do melhor que há... e são à borla! Peçam nas perfumarias, farmácias, gamem das revistas no cabeleireiro... O que interessa é que tenham um acervo suficiente para poderem adiar ao máximo a compra de embalagens grandes.

 

2 - HIDRATANTE XXL: há embalagens de um litro/800 ml à venda nas parafarmácias (a Wells tem de marca própria). Custam mais no ato de pagamento (entre 15 a 25 euros, conforme a marca) mas rendem até 30% mais do que se comprassem embalagens mais pequenas. Primeiro, porque a qualidade do creme é efetivamente melhor. Depois, porque, como tem dispensador e tampa de abertura fácil, pode-se aproveitar tudinho (e não precisam de andar feitas malucas a espremer tubos, a abanar frascos ou a cortá-los ao meio).

 

3 - NIVEA: antes da crise atacar em forma, dava-me ao luxo de comprar cremes caríssimos, de marcas ótimas. Depois, a amiga Troika chegou e não tive outro remédio senão cortar nessas coisas para ter dinheiro para comer e para a gasosa. Foi então que descobri algo maravilhoso: o creme Nivea (o da latinha azul), que funciona tão bem ou melhor do que cremes 10 vezes mais caros. Uso na cara (só no inverno, já que no verão opto por usar o creme de corpo no rosto ou protetor solar), no corpo, nas mãos. É barato, cheira bem e, no meu caso - pele seca e sensível - não voltei a ter alergias e irritações. E esta, hein?

 

4 - PANTENE: tal como os cremes hidratantes, houve tempos em que gastava rios de dinheiro em produtos para o cabelo (o meu é seco e ondulado). Depois, deixei-me de merdas e, com 15 euros, faço a festa para mês e meio. A Pantene é, definitivamente, a melhor marca dentro das gamas de supermercado. Tem ainda a vantagem dos champôs e máscaras não cheirarem demasiado a plástico nem serem aguados. Também uso spray condicionador, mas da Elvive. Custa 3 euros. Isso mesmo. 3 euros.

 

5 - ÓLEO DE COCO: antes que digam "ah e tal, lá vem ela com a mania das coisas bio-saudáveis-light", deixem-me dizer-vos isto. O óleo de coco está para a estética como a lixivia para as limpezas. Dá para tudo. Embora seja caro (cada frasco custa em média 7 euros), rende muito e a parte melhor é que também podem cozinhar com ele. Eu uso óleo de coco em tudo. No café (só um bocadinho, para dar um gosto tropical), para fazer granola, nos salteados. E no corpinho também. Antes de lavar a loiça, unto as mãos com óleo de coco, calço as luvas et voilá! Spa caseiro! O calor da água ajuda a hidratar as cutículas... Adeus mãos de lavadeira! Costumo fazer algo semelhante nos pés. Antes de dormir, esfrego uma quantidade industrial de óleo de coco, calço umas meias turcas (aquelas brancas, da raquete). No dia seguinte... adeus cascos de cavalo! Este truque também é ótimo para os rapazes que costumam ter aqueles calcanhares de lixa que arranham mais que unhas de gato. Ah! Óleo de coco também é espetacular para hidratar o cabelo. É só esfregar uma noz nas pontas estragadas e já está. Também pode ser usado como creme de rosto e corpo mas só se tiverem a pele muito seca.

 

6 - AZEITE: querem desmaquilhante de olhos e não querem gastar rios de guita num produto só para esta zona? Experimentem retirar a maquilhagem com um algodão embebido em azeite (não usem virgem extra porque é demasiado agressivo). Resulta. Mesmo! E é particularmente prático quando ficam em casa de um gajo e não querem ficar com olhos de panda no dia seguinte... a não ser que ele não tenha azeite em casa. Ou que use desmaquilhante (hey, i don't judge!). Também uso azeite combinado com açúcar mascavado como exfoliante. Basta misturar o açúcar com um bocadinho de azeite e esfregar no corpo em seco. Depois é só passar por água. O azeite também é bom para uma máscara intensiva para cabelos muito secos. Costumo esfregar azeite nas pontas, enrolar uma toalha previamente molhada em água quente e deixo atuar durante meia hora. Depois é só ter paciência para fazer duas ou três lavagens com champô.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Maribel Maia a 18.02.2016 às 14:03

Ora deixem lá ler com atenção... que as dicas são para mim!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D