Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


18-mulher.jpg

 

Depois da noitada de ontem, cujo relato farei noutra altura, portanto em modo "só me apetece estar na cama", eis que me deparo com esta prenda amiga da SapoLifestyle. Através de um artigo, que tem tudo a ver com este blog, o portal aborda 17 importantes descobertas que todas as mulheres na casa dos trinta (trintinhas ou trintonas, tanto faz) devem saber. E seguir à risca, já agora!

 

O texto começa com a pergunta à qual nenhuma de nós consegue ser indiferente: "sente-se melhor consigo própria do que se sentia quando era mais nova?" Caso a tua resposta coincida com a minha (aposto que sim), eis as 17 descobertas que todas nós devemos praticar (vezes e vezes sem conta), a fim de fazermos da nossa passagem pela casa dos "inta" uma experiência plena, feliz e inesquecível.

 

17 Máximas para mulheres de 30

1 - Não precisa de perder tempo com pessoas tóxicas (não contribuem em nada para a nossa felicidade, logo são dispensáveis)
2 - Aprenda a não dar ouvidos aquilo que os outros dizem de si (a opinião deles sobre nós é problema deles, logo não nos interessa)
3 - Se ainda está solteira não se preocupe, pois tem mais tempo para si (tem como refutar isso?)
4 - Se estiver numa relação, a pessoa que está consigo de certeza que é uma pessoa cheia de sorte (e convém que ele esteja ciente disso)
5 - Não deixe que ninguém a pressione a casar-se, se achar que ainda não está na altura de o fazer (até porque de nada adiantaria, mulher bem resolvida assume o comando da sua vida)
6 - O mesmo vale no que diz respeito a ter filhos. A escolha é sua e não dos outros (procriar é um compromisso para a vida toda, portanto convém estarmos seguras dessa decisão)
7 - Se for casada, acredita que a felicidade em conjunto é um sentimento verdadeiro e além disso ganhou um parceiro para o resto da vida (pode não ser bem assim, mas que seja eterno enquanto durar)
8 - Se já for mãe, vai perceber tudo o que a sua lhe dizia e fazia consigo, até porque a vida é um círculo (touché!)
9 - Vai conseguir perceber que a sua mãe estava sempre certa, e as mães tem sempre razão, embora não queiramos admitir (e assim consuma-se a vingança da sua mãe que sempre lhe dizia "quando fores mãe, vais entender")

10 - Não necessita de ser amiga de todas as pessoas que conhece, porque os seus amigos mais próximos estão na sua vida por algum motivo, por isso pense bem nisso (amigos poucos, mas bons, que o que importa aqui é a qualidade e não a quantidade)
11 - Estar na casa dos 30 é sem dúvida mais divertido, até porque já conseguiu ganhar mais confiança em si do que a que tinha anteriormente (e se não conseguiu ainda, é hora de começar a fazer por isso)
12 - Não pense que a consideram velha com esta idade e por isso não reclame que se sente assim, porque as pessoas acabam sempre por projetar o que diz sobre si mesma (transforme-se na sua melhor amiga e seja fiel a ela até à medula)
13 - Não existe necessidade de avaliar o que anteriormente pensava que iria fazer quando tivesse 30 anos, até porque se o fez diferente é porque já estava destinado (a vida é uma eterna aprendizagem e nós queremos ser aprendizes aplicados, certo?)
14 - Se prefere ter uma carreira sólida em vez de uma família, está de parabéns, porque nem sempre as mulheres estão dispostas a isso (mas não abra mão da sua vida pessoal, porque "da vida só levamos o que vivemos")
15 - Se fizer o contrário, também está de parabéns, até porque cada uma escolhe aquilo em que acredita e o que é melhor para si (o que importa mesmo é sermos e estarmos felizes)
16 - Entenda o que é mais importante para a sua vida e não se preocupe com o resto (nem poderia ser de outra forma)
17 - Mas a conclusão mais importante que pode tirar dos seus trinta anos é ter consciência que é uma mulher feliz consigo própria e não admite que ninguém lhe diga o contrário (e ai de quem se atrever).

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D