Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


16
Mar16

mw-1280.jpg

 

Por serem processados ou refinados e por serem suscetíveis de criarem adição, existem alimentos que são considerados nefastos para a saúde.

 

À cabeça dos desaconselhados está o açúcar refinado, um veneno para o nosso organismo. Quanto mais escuro for, mais vitaminas e sais minerais possui, e mais perto do estado bruto (a cana de açúcar) está. A cor branca significa que o açúcar recebeu aditivos químicos no último processo da fabricação, o refinamento.

 

No lote dos alimentos proibitivos incluem-se bolachas, tostas, snacks salgados, chocolate branco ou de leite, sumos de fruta (especialmente se açucarados), bolos, doces e sobremesas tradicionais (por conterem açúcar refinado), pão branco, pão industrializado de longa duração, batata branca, fast food, refeições prontas, frutos secos salgados ou fritos, alimentos fritos, refrigerantes de todo o tipo e cereais de pequeno-almoço.

 

As comidas que encabeçaram a lista das mais aditivas, segundo um estudo publicado no jornal norte-americano Plos One sobre "alimentos que geram adição", liderado por Nicole Avena, foram (por esta ordem): piza, chocolate, batata frita, bolachas e gelados. E os que mais causavam desconforto eram os muito processados.

 

"Vários estudos sugerem que a comida muito apaladada e muito processada pode provocar mudanças de comportamento e mudanças cerebrais semelhantes às dependências como a das drogas ou do álcool", explicou Nicole Avena.

 

Companheira, volto a frisar que nunca é tarde para reeducarmos a nossa alimentação e apostarmos numa vida mais saudável. Portanto, hoje é um bom dia para se começar.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D