Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas e confissões de uma rapariga gira e bem resolvida, na casa dos 30, que (ainda) não cumpriu o papel para a qual foi formatada: casar e procriar. Caso para cortar os pulsos ou dar graças? Talvez nem uma coisa nem outra!


O burburinho à volta deste assunto é tanto que por mais que uma pessoa intelectualmente sóbria tente manter-se indiferente, simplesmente não consegue. Com isso, assumo ser-me impossível permanecer alheia ao fenómeno caricato, porém viral, que estes dias tem assolado as redes sociais.

 

Antes de tudo, convém deixar bem claro que esta pessoa aqui não assiste ao canal 4, por nada deste mundo. É absolutamente contra os meus princípios ser cliente de um serviço tão chunga, independentemente de ser o líder de audiências. Na minha opinião, ninguém com mais de 18 anos e dois neurónios funcionais, deveria sentir-se confortável para consumir o que quer que dali possa sair. Enfim... preferências não se discutem, respeitam-se e aprende-se a conviver com.

 

Mas lá por não ser sua telespetadora, não quer dizer que não tome conhecimento das polémicas nas quais, vira e mexe, a estação de Queluz – cujo nome recuso-me terminantemente a escrever, por não querer dar-lhes publicidade gratuita – se encontra envolvida. A última, a que envolve uma personagem chamada Maria Leal, de quem nunca tinha ouvido falar, até à semana passada.

 

Abstenho-me de emitir a minha opinião sobre a criatura, até porque, não a conheço de lado nenhum. Além disso, Portugal inteiro já tratou de fazê-lo, e de todas as formas possíveis e imaginárias. Contudo, isso não quer dizer que não me tenho divertido à grande e à francesa com o vídeo dela e com as consequentes reações a este.

 

De entre todas as paródias ao fenómeno Maria Leal, esta do autor do blog Por falar de outra coisa está, simplesmente, fenomenal, genial, uma coisa de outro mundo. É uma obra-prima que não posso deixar de partilhar contigo. Por mais que quisesse não poderia. Clica aqui para aceder à dita crónica. É chorar a rir, acredita em mim.

 

Boas gargalhadas, meu bem!

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Lopes a 11.10.2016 às 13:42

Ah a menina tb lê esse blog!

Será que também instalou a app que o autor refere na sua última crónica do Doutor G
Imagem de perfil

De LegoLuna a 11.10.2016 às 14:39

Pedro, ler, uma vez por outra, o que ele escreve é uma coisa. Agora instalar uma app, só porque ele recomendou é algo bem diferente. Que eu não comprei nem pretendo.
Imagem de perfil

De Papagaio Giló a 11.10.2016 às 13:48

Comento, sim senhor, e apoio... concordo totalmente. A TVI consegue ser um dos péssimos exemplos sobre a "Chunguisse" em que se tem tornado muit da comunicação social... e o pior é que muitos vão atrás.
Imagem de perfil

De LegoLuna a 11.10.2016 às 14:38

Papagaio, não poderia estar mais de acordo. Este canal, a meu ver, é um atentado à inteligência das pessoas. O facto de ser líder de audiências, diz muito do tipo de telespectadores que este país está a formar.
Sem imagem de perfil

De musiquinhas a 12.10.2016 às 07:13

É mesmo uma grande paródia musical,o que eu já me fartei de rir com os vídeos dessa miúda,sim,porque ela é ainda uma miúda!! Muitos parabéns pelo teu destaque e feliz quarta-feira,muitos beijinhos,bom resto de semana para ti,tudo de bom!!
Imagem de perfil

De LegoLuna a 12.10.2016 às 11:32

De facto, é difícil resistir a esta paródia. É tão piroso que acaba por saber lindamente.
Obrigado, meu bem, e tudo de bom para ti também. Espero ver-te novamente por aqui.
Sem imagem de perfil

De musiquinhas a 12.10.2016 às 11:58

Sim,eu voltarei mais vezes,podes ter a certeza disso!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D